Azul (AZUL4) fica sem atendimento após ataque hacker em empresa de call center

Views: 86
0 0
Read Time:1 Minute, 42 Second

Após um ataque hacker, o sistema de atendimento da Azul (AZUL4) segue fora do ar desde domingo (17). A Atento, empresa responsável pello call center, teve problemas após o ataque e não consegue operar os atendimentos.

“Estamos trabalhando na resolução e em breve estará normalizado”, diz a Azul em comunicado no seu site.

“A Azul informa que, em função de um cyber ataque em seu parceiro de soluções para atendimento ao cliente, suas operações telefônicas estão parcialmente comprometidas. A companhia reforça que os canais online de atendimento estão operando normalmente e reforça que está trabalhando em conjunto com a empresa parceira para minimizar os impactos a seus Clientes”, consta em nota enviada ao Suno Notícias.

O atendimento por telefone está sendo o mais impactado após o ataque.

Sem acesso ao sistema tradicional da companhia, a Azul tem usado outros sistemas como forma de contornar o problema com o atendimento aos clientes.

Após esse ataque, empresas como além da Azul, empresas como a Cielo (CIEL3) e o Itaú (ITUB4) recomendo o atendimento por canais digitais.

Além da Azul, companhias priorizam canais digitais

Também atendida pela Atento, a Unimed Porto Alegre comunicou aos clientes uma “indisponibilidade no sistema operacional do seu call center”.

Já o Itaú Unibanco, que interrompeu parte da operação de suas centrais de atendimento de maneira preventiva, afirmou que o impacto sobre as demandasestão sendo “reduzidas gradativamente”.

Em nota divulgada na terça (19), a Telefônica (VIVT3), dona da marca Vivo, que mantém a equipe de atendimento próprio acionada e que segue interagindo com todos os clientes por meio do aplicativo e de outros canais digitais, como atendimento automatizado na central telefônica e das lojas, além do aplicativo Vivo Empresas para clientes corporativos.

BMG (BMGB4) e Riot Games, que também são atendidas pela Atento, ressaltaram que não tiveram problemas diretos com o atendimento por meio da Atento, mas mantém o atendimento por meio de canais digitais por conta da prevenção após o ataque hacker à companhia que atende a Azul.

FONTE: SUNO

Previous post Plataforma de vendas que atende Amazon, Americanas, Mercado Livre e outros expõe 1,7 bilhão de dados
Next post Malware para ataque de ransomware retorna com força total tendo impactado mais de 4% das organizações no Brasil

Deixe um comentário