Laboratório farmacêutico é a mais nova vítima de ataque hacker no Brasil

Views: 82
0 0
Read Time:1 Minute, 20 Second

Mais uma grande empresa brasileira é alvo de ataque hacker. Trata-se do Laboratório Cristália, com sede em Itapira, no interior de São Paulo, e que produz medicamentos para oncologia e psiquiatria, entre outros. 

Em comunicado ao mercado, o presidente do conselho e Diretor Geral da companhia, Ricardo Pacheco, assume que houve um ataque hacker, mas assegura que os bancos de dados, onde estão informações sobre as 120 patentes da companhia, foram preservados.

O Laboratório não revela quais sistemas foram atingidos – reporta apenas que equipes internas de proteção de dados e tecnologia estão trabalhando em um plano de contingência. Também não assume qual foi o tipo de ataque, se foi malware ou ransomware, por exemplo.

Além da sede, a empresa conta com mais nove unidades, sendo duas em Itapira, duas em São Paulo, e as restantes em Cotia, Campinas, Cosmópolis, Pouso Alegre e Montes Claros, além de sete escritórios regionais. o ataque teria acontecido no dia 09 de setembro. Oficialmente, diz que Também informa que “a maior parte das operações foram restabelecidas, inclusive o atendimento a nossos clientes”.

Não é o primeiro grupo farmacêutico atacado. Em junho, o Grupo Fleury foi vítima de um ataque hacker e teve vários sistemas paralisados. Os hospitais Sírio Libanês e 14 unidades da rede D’Or São Luiz estão entre as instituições atendidas pela área de análises clínicas do Fleury. No total, o Fleury atende 29 hospitais, distribuídos em quatro regionais: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal e Rio Grande do Sul. A empresa nunca assumiu se pagou resgate para ter seus sistemas reestabelecidos.

FONTE: CONVERGENCIA DIGITAL

Previous post Brasil sofre mais de 16,2 bilhões de tentativas de ataques cibernéticos
Next post Mais de 2,9 bilhões de ameaças por e-mail são colocadas em quarentena no primeiro semestre, releva empresa de segurança digital

Deixe um comentário