Google tem serviços fora do ar e suspeitas de ataque de hackers

Views: 246
0 0
Read Time:2 Minute, 16 Second

O painel de status dos serviços inicialmente não mostrava erros, mas depois assinalou em vermelho todos os serviços.

Os serviços da Alphabet, a controladora do Google, estiveram passando por grandes instabilidades no mundo inteiro desde as 8h55 de hoje. Os usuários de plataformas como Gmail (1,5 bilhão de usuários), YouTube e Google Drive tiveram dificuldades ou impossibilidade de utilização dos serviços. Usuários do Gmail, por exemplo, relataram dificuldades para fazer login.

Aqueles que conseguiram login em geral não tinham acesso aos contatos, por exemplo. O YouTube e o Drive estiveram inacessíveis pelo menos até 09h35. Usuários dos EUA relataram que era possível acessar serviços usando o modo “Incognito” no Chrome browser.As suspeitas se originam da confirmação de que as soluções da Solar Winds, utilizadas por empresas como FireEye e pelo governo americano, estavam contaminadas com malware

Os problemas começaram às 08h55 (hora de Brasília) e se prolongaram pelo menos até o momento em que esta nota foi publicada, às 09h40. Um breve comunicado na página de status dos serviços do Google dizia “Estamos cientes de um problema com o Gmail que afeta a maioria dos usuários. Os usuários afetados não podem acessar o Gmail.” Depois, foi publicado um aviso dizendo que hão haveria mais informações na plataforma: “Não serão fornecidas outras atualizações no Google Workspace Status Dashboard. Por favor fique certo de que a confiabilidade do sistema é uma alta prioridade no Google, e nós estamos fazendo melhorias contínuas para tornar nossos sistemas melhores”.

Alguns usuários comentaram no Twitter a possibilidade de ter havido um ataque hacker à rede do Google. As suspeitas se originam da confirmação de que as soluções da Solar Winds, utilizadas por empresas como FireEye e pelo governo americano, estavam contaminadas com malware que permitiu a invasão de suas redes por uma potência cibernética estrangeira.

No entanto, essas suspeitas ainda não foram confirmadas por nenhuma fonte.

O sistema de busca do Google não foi afetado pelos problemas que atingiram seus outros serviços. O painel de status dos serviços inicialmente não mostrava erros, mas depois assinalou em vermelho todos os serviços disponíveis.

Por causa do problema, só as pessoas que sincronizam os serviços do Google Docs com seus dispositivos puderam continuar a trabalhar. Vários veículos da mídia tentaram sem sucesso obter informações oficiais com o Google. O CISO Advisor solicitou, mas ainda não recebeu informações do Google no Brasil.

Os serviços que ficaram fora do ar foram: Gmail, Google Calendar, Google Drive, Google Docs, Google Sheets, Google Slides, Google Sites, Google Groups, Google Hangouts, Google Chat, Google Meet, Google Vault, Currents, Google Forms, Google Cloud Search, Google Keep, Google Tasks, Google Voice, Admin Console, Google Analytics, App Maker, Google Maps, Blogger, Google Sync for Mobile e Classroom.

FONTE: INFORCHANNEL

Previous post 500 extensões de navegador maliciosas afetam milhares de usuários
Next post Orçamentos de segurança de 2021: prioridades, novas realidades

Deixe um comentário