Código Aberto está revolucionando carreiras em cibersegurança – o que você precisa saber

Views: 148
0 0
Read Time:10 Minute, 46 Second

A tecnologia é parte integrante de nossas vidas cotidianas. A dependência generalizada de dispositivos que nos conectam à Internet e plataformas em nuvem que facilitam as comunicações digitais aumentou significativamente desde o início desta pandemia. À medida que as empresas de tecnologia estão lutando para atender às necessidades em evolução das empresas e dos consumidores, uma tendência tornou-se claramente aparente – o código aberto está na vanguarda da inovação tecnológica moderna, revolucionando as carreiras disponíveis no campo da cibersegurança no processo.

O Relatório de Empregos de Código Aberto 2020 da Linux Foundation afirma que “o Open Source ainda é o ambiente líder de desenvolvimento de software para SMBs e a empresa, apesar da atual crise econômica e pandemia”, continuando a fornecer oportunidades abundantes de carreira – mais notavelmente em segurança e DevOps. Uma pesquisa recente da RedHat confirma que uma revolução de código aberto está em andamento, citando que 86% dos líderes de TI acreditam que as empresas mais inovadoras estão usando software de código aberto. A demanda por habilidades e talentos de código aberto atualmente excede o número de pessoas disponíveis para preencher vagas com esses requisitos, tornando os indivíduos que representam esse conjunto de habilidades cada vez mais valiosos altamente procurados por empresas em todo o mundo.

2020 é, sem dúvida, um ano transformador para tecnologia e cibersegurança e as oportunidades de carreira que existem nessas áreas. Se você é apaixonado por tecnologia e cibersegurança e está intrigado com a crescente influência do Open Source nessas áreas, aqui estão 19 fatores-chave que você deve considerar se você está pensando em transformar sua paixão em uma carreira.

Você precisa ter habilidades técnicas

Dentro do domínio da segurança cibernética, há muitas subdisciplinas – mas existem bases técnicas comuns compartilhadas entre trabalhos de segurança cibernética, também. Você deve ser capaz de gerenciar sistemas operacionais (por exemplo, inúmeras distribuições Linux e Windows), bem como entender sua arquitetura e administração, além de saber sobre software de rede e virtualização. Você também precisará entender balanceadores de carga de rede e firewalls, além de linguagens de programação comuns – entre outros tópicos

Muitos empregadores exigirão que você tenha certas certificações antes de ser contratado, e essas qualificações serão um fator importante nesse processo; eles mostram o quanto você sabe sobre este setor. A experiência da indústria também é essencial para adquirir as habilidades corretas. Talentos e certificações de código aberto estão se tornando cada vez mais procurados, com 81% dos profissionais contratadores citando habilidades e certificações de código aberto como prioridade máxima.

Há uma grande variedade

Trabalhar como profissional de segurança significa que você terá a oportunidade de trabalhar diretamente com equipes em sistemas e tecnologia com as qual você pode não ter imaginado inicialmente estar envolvido. Podem ser carros, robôs ou sites que são usados por milhões de pessoas: há tanta variedade disponível neste campo.

Então você terá uma carreira emocionante pela frente – é improvável que você vai ficar entediado em qualquer papel de segurança cibernética! Você também precisará ter um amplo conjunto de habilidades para entender os desafios modernos de segurança. Por essa razão, os profissionais de cibersegurança vêm de diferentes origens diversas: quanto mais variedade houver em sua formação, melhor você será como profissional de segurança.

Você começa a resolver quebra-cabeças

Nas indústrias de tecnologia e cibersegurança, há sempre um novo quebra-cabeça para resolver. À medida que a tecnologia avança, também as ameaças que a desafiam. Com qualquer trabalho de segurança cibernética, será sua responsabilidade identificar essas ameaças, entendê-las e ajudar a lidar com elas. Esses riscos mudarão consideravelmente ao analisar como proteger sites que estão rodando na nuvem em comparação com um marca-passo em um paciente, por exemplo. Isso significa que cada situação é um novo quebra-cabeça e uma chance de enfrentar o desafio.

Use o código de uma fonte confiável

Essa melhor prática é especialmente importante com software de código aberto, que pode ser redistribuído por quem quiser fazê-lo. Você não deve simplesmente baixar um programa de código aberto desde o primeiro lugar que você encontrá-lo. Em vez disso, baixe sempre softwares e programas dos desenvolvedores originais ou de um centro de download confiável, como repositórios oficiais de software de código aberto suportados pelos principais distribuidores Linux.

Nem todos os códigos abertos estão completamente abertos

Algumas plataformas de código aberto podem incluir algum código de código-fonte fechado. Isso é verdade com a maioria das distribuições Linux, por exemplo. Certos dispositivos de hardware “de código aberto” serão alimentados parcialmente por firmware proprietário – o que significa que pequenas partes do código nos sistemas não estarão abertas, embora a maioria seja. Você não será capaz de confiar nessas partes fechadas como você faria com as abertas e, idealmente, você trabalharia em torno do problema evitando este tipo de firmware. No entanto, você deve estar ciente de que esse problema existe e que apenas os desenvolvedores originais realmente sabem os meandros do código usado em seus softwares e produtos.

Sua política de senha deve ser aplicada

Hackers constroem carreiras a partir de quebrar senhas e aproveitam uma variedade de métodos sofisticados para fazê-lo. Esses métodos incluem ferramentas automatizadas, spyware e detalhes que obtiveram sobre uma pessoa online. Se você conseguir um emprego de segurança cibernética dentro de uma empresa, então você deve definir uma política de senha e certificar-se de que ela é aplicada. Deve garantir aos funcionários:

  • Tenha senhas fortes, nada menos que 10 caracteres de comprimento, com uma mistura de números, símbolos, além de letras maiúsculas e minúsculas
  • Não use a mesma senha para contas diferentes
  • Nunca compartilhe senhas

Seu acesso a dados deve ser controlado

Um estudo sugere que uma empresa típica perderá 5% da receita anual com fraudes de funcionários – por isso é importante que o acesso a informações tão valiosas seja gerenciado, especialmente online. As ferramentas de rede devem ser usadas para proteger detalhes confidenciais e arquivos confidenciais e ver quem acessou informações em determinados momentos. Os níveis de acesso devem ser atribuídos dependendo do que um funcionário precisa saber, com direitos administrativos disponíveis apenas para um grupo seleto de pessoas. Revise regularmente os direitos de acesso e altere privilégios quando necessário.

Você precisará educar os funcionários

Os métodos que os criminosos cibernéticos empregam são numerosos, mas os funcionários devem ser avisados em alguns pontos-chave para ajudar a prevenir problemas de segurança. Estes tópicos incluem:

  • Como identificar links suspeitos
  • Procurando e-mails falsos, com erros ortográficos e exigências para agir rapidamente
  • Verificando a fonte de e-mails pedindo informações pessoais antes de responder
  • Não baixar anexos de pessoas que eles não conhecem

É fundamental destacar a importância da segurança da empresa, o papel do colaborador nela e como ela afeta tanto os clientes quanto a reputação da marca. O local de trabalho é altamente dependente da participação e do conhecimento dos colaboradores, e isso deve ser enfatizado e reforçado.

Você terá uma grande satisfação no trabalho.

O setor de cibersegurança está em constante evolução – o que significa que neste campo você vai se deparar com novos problemas o tempo todo que precisam ser resolvidos. Os profissionais de cibersegurança trabalharão com organizações que buscam promover seu desenvolvimento e educação. Como resultado, os profissionais de cibersegurança estão aprendendo, construindo suas habilidades e contribuindo para a sociedade o tempo todo – geralmente levando a uma grande satisfação no trabalho.

Há oportunidades fantásticas para a progressão na carreira

Se você está interessado em uma carreira de cibersegurança, há grandes oportunidades disponíveis, independentemente do histórico. As funções de TI de nível básico que você pode querer considerar incluem engenharia de software de computador, administração de sistemas, desenvolvimento web e TI. A partir desses cargos, há uma grande oportunidade para a mobilidade ascendente – você pode se tornar um gerente de segurança ou arquiteto, um testador de penetração ou até mesmo um chefe de segurança da informação (CISO).

Você pode escolher sua indústria

Os profissionais de cibersegurança desenvolverão habilidades altamente transferíveis, que serão demandadas por muitas marcas em muitas indústrias diferentes ao redor do mundo. A exigência de habilidades de cibersegurança aumentou à medida que as empresas se tornaram mais dependentes da tecnologia, e 48% das empresas agora buscam esse conjunto de habilidades em potenciais funcionários.

Ser detalhista é uma obrigação

Está se tornando cada vez mais difícil detectar ameaças à segurança cibernética, à medida que os atores de ameaças refinam seus métodos e técnicas para escapar das defesas de segurança. Isso significa que, para ter sucesso em qualquer carreira de cibersegurança, você terá que estar altamente atento aos detalhes. Os profissionais de cibersegurança devem estar sempre atentos a possíveis problemas, monitorar cuidadosamente as tendências em tecnologia e segurança e tomar nota de mudanças que possam impactar a segurança dos sistemas pelos que são responsáveis. Em outras palavras, os profissionais de cibersegurança devem estar sempre um passo à frente de hackers mal-intencionados – antecipando e prevenindo seus potenciais próximos movimentos.

Você precisará se comunicar com as pessoas

Seu papel como profissional de cibersegurança exigirá fortes habilidades de comunicação. Você terá que educar os usuários, destacando a importância primordial da segurança cibernética e explicando as medidas que eles precisam tomar para proteger seus dados. Assim, os profissionais de cibersegurança precisam ter fortes habilidades de comunicação escrita e oral que lhes permitam transmitir todos esses detalhes de uma forma ao mesmo tempo envolvente e clara.

Ser criativo é crucial

Uma posição de segurança cibernética exigirá que você tenha uma abordagem de visão de futuro para o seu papel. Você precisará ser capaz de prever ataques e permanecer sempre um passo à frente de todas as ameaças em potencial. Isso exigirá criatividade e inovação. Os criminosos cibernéticos estão se tornando cada vez mais criativos com suas táticas, e você terá que manter o ritmo.

Um sistema de segurança de som é essencial

Como profissional de segurança cibernética, você precisará criar um sistema de segurança organizado de baixo para cima – o que não é como estruturas de administração tradicionais, onde a aplicação de regras e as operações são tratadas de cima. A criação desse sistema começa protegendo todos os dispositivos que os funcionários estão usando – uma tarefa que está se tornando cada vez mais difícil devido à crescente força de trabalho remota. Assim, o conhecimento e a expertise nessa área são mais importantes do que nunca.

Use a nuvem

É menos provável que você perca dados críticos se você salvá-los na nuvem, embora ainda haja riscos envolvidos nisso. Usar a nuvem para o armazenamento de dados é uma ótima e econômica opção se você trabalhar para uma pequena ou média empresa – e, à medida que a empresa cresce, seu armazenamento e segurança em nuvem podem ser dimensionados. Há uma lista cada vez melhor de opções para a nuvem, também, então você sempre terá os itens mais atualizados disponíveis para você tanto para segurança quanto para armazenamento.

A automação é fundamental

Em qualquer carreira de cibersegurança, será muito importante para você aprender e usar os controles centralizados disponíveis para você. Você deve automatizar quaisquer alterações de segurança, como aplicar patches em sistemas e bloquear quaisquer vulnerabilidades, sempre que possível. Você economizará incontáveis horas do seu tempo ao longo da sua carreira usando ferramentas de gerenciamento de configuração e confiando em configurações de políticas ou até mesmo scripts simples. A automação também reduz a chance de erros ou problemas, pois essas abordagens são geralmente mais infalíveis do que a intervenção manual.

Você nunca pode testar o suficiente

Como profissional de segurança cibernética, você precisará testar quaisquer mudanças relacionadas à segurança em um ambiente o mais próximo possível do seu ambiente de produção ao vivo antes de lançar essas alterações. Algumas atualizações serão complicadas, e podem produzir resultados inesperados.

Por exemplo, desativar um protocolo antigo pode levar a problemas com bancos de dados mais antigos – e a ligação entre o problema e a mudança pode não ser óbvia imediatamente. Você terá que olhar para os resultados de seus testes para seus sistemas e sistemas de seus usuários quando você implementar quaisquer alterações.

Rede com outras pessoas

Procure alguém com experiência em segurança cibernética que tenha um estilo que você goste e pergunte se eles gostariam de orientá-lo. Você deve tornar o mais fácil possível para eles para ajudá-lo – as pessoas estão muitas vezes dispostas a ajudar outros que estão ansiosos para trabalhar e estão apenas começando.

Para iniciar sua carreira de cibersegurança, você também pode querer estagiar em uma empresa. Você pode ser capaz de escrever scripts para eles, passar por seus dados ou até mesmo editar suas postagens no blog. A experiência adquirida em um estágio pode levar a uma entrevista para um ou muitos empregos de cibersegurança no futuro.

Principais Takeaways

Isso ainda soa como o tipo de carreira que você está procurando para entrar? Se assim for, a grande notícia é que nunca houve uma hora melhor para começar. A rápida modernização e o avanço tecnológico generalizado provocado por essa pandemia tornaram a cibersegurança uma área de maior importância para todas as organizações.

FONTE: LINUX SECURITY

Previous post Não espere por uma brecha antes de implementar a segurança cibernética, diz especialista
Next post Tokenização

Deixe um comentário