Site da Prefeitura de Maceió é alvo de ataque hacker

Views: 150
0 0
Read Time:1 Minute, 36 Second

O site da Prefeitura de Maceió foi alvo de um ataque hacker nessa quinta-feira, 16. Quem tentou acessar o portal durante a noite de ontem pode ter se deparado com uma tela preta e com a mensagem de que o servidor havia sido “tomado” pelo invasor.

O hacker identificado como D4RKR0N também deixou outros avisos como “A segurança na internet é uma ilusão; você não está seguro” e “A firma do underground não para!!!”. Na parte de cima da página, ele deixou um “salve” para supostos amigos. 

Em nota, a Prefeitura de Maceió informou que na última semana o site institucional apresentou instabilidades e passa por manutenção para melhorar a qualidade e a segurança do canal.

“Ao acessar o endereço www.maceio.al.gov.br, a partir da manhã desta sexta-feira (17), o acesso é direcionado à página de serviços online a fim de manter a prestação dos serviços essenciais à população. O site será reabilitado ao final das adequações, o que deverá ocorrer o mais rápido possível”, consta num trecho do comunicado.

Ataque às vésperas do Natal

Em 24 de dezembro de 2018, o mesmo portal foi afetado por hackers e uma das páginas do site foi alterada. Nela foi possível constatar uma mensagem em inglês, “PRdV Team Was Here! Hacked by Malokin_” (traduzido, Time PRdV esteve aqui! Hackeado por Malokin_).

No Twitter, um usuário que utilizava o nome de @MalokinSecurity e se identificava como estudante de Segurança da Informação em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, supostamente assumiu a autoria do hack. “Feliz Natal aos Ademir da Prefeitura de @PrefMaceio x)”, mostrava o post.

Outros casos

No ano passado, invasores afetaram diversos sites ligados a órgãos públicos de estados e municípios brasileiros. Foram os casos dos portais oficiais de Mato Grosso do Sul, Rondônia e Distrito Federal, que em maio, junho e setembro de 2019, respectivamente, foram hackeados. 

FONTE: TNH1

Previous post Hacker ético consegue burlar votação de paredão do BBB
Next post Pará é o primeiro estado no país a instituir a Diretoria de Combate a Crimes Cibernéticos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *