Falha no Google Chrome deixa hacker controlar PC; veja como se proteger

Views: 138
0 0
Read Time:1 Minute, 58 Second

Uma falha de segurança crítica presente na versão para desktop do Google Chrome permite que hackers iniciem ataques remotos ao computador. Segundo a organização Center for Internet Security (CIS), a vulnerabilidade afeta os sistemas WindowsmacOS Linux, mas ainda não há indícios de que cibercriminosos tenham explorado a brecha. O Google já disponibilizou uma correção emergencial para o problema e recomenda que os usuários atualizem o navegador o mais rápido possível.

LEIA: Chrome sabe tudo que você faz? Veja 7 mitos e verdades

A falha de segurança reside no Blink, motor de renderização de páginas do Chrome, e pode ser ativada a partir da criação de sites maliciosos. Isso significa que, se o usuário visitar ou for redirecionado para endereços eletrônicos infectados, o invasor poderá executar ações como instalar malwares no computador, editar ou excluir dados e até mesmo criar novas contas com privilégios de administrador.

Segundo nota técnica publicada pela CIS na última terça-feira (27), os perigos da ameaça são maiores para entidades governamentais e grandes empresas, em vista da quantidade de dados que movimentam e do potencial de danos. O risco para usuários domésticos foi avaliado como baixo. Vale ressaltar que o aplicativo do Chrome para celulares Android iPhone (iOS) não foi afetado pela falha de segurança.

O patch que corrige o problema está sendo liberado automaticamente, mas é importante verificar a versão do navegador para garantir que a atualização foi instalada. Para isso, acesse as configurações e clique em “Sobre o Google Chrome”, no menu lateral esquerdo. Nesta página, certifique-se de que a versão atual do browser é a de número 76.0.3809.132.

Nas configurações do Google Chrome, confira se a versão instalada é a de número 76.0.3809.132 — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Nas configurações do Google Chrome, confira se a versão instalada é a de número 76.0.3809.132 — Foto: Reprodução/Ana Letícia Loubak

Proteja-se

Para diminuir as chances de ataques futuros ao browser, o Center for Internet Security recomenda não usar contas com privilégios de administrador para a navegação diária na internet. Além disso, é importante manter as atualizações automáticas ativadas para garantir que correções sejam instaladas imediatamente após sua liberação. Por último, vale reforçar um lembrete antigo: não clique em links suspeitos.

FONTE: https://www.techtudo.com.br/noticias/2019/09/falha-no-google-chrome-deixa-hacker-controlar-pc-veja-como-se-proteger.ghtml

Previous post Sites que hackeavam iPhones também ameaçavam Windows e Android
Next post Relatório: violação de dados no site adulto compromete a privacidade de todos os usuários

Deixe um comentário