Hackers invadem sistema da FMS e bloqueiam mais de 10 mil exames

Views: 186
0 0
Read Time:2 Minute, 10 Second

Mais de 10 mil exames do sistema operacional do Centro de Diagnóstico Raul Bacellar foram bloqueados em um ataque de hackers na manhã desta segunda-feira (22). 

O gerente de Tecnologia e Informação da Fundação Municipal de Saúde, Rafael Viana informou ao Cidadeverde.com que a invasão cibernética não corrompe os dados dos exames, ou seja, não vai interferir nos resultados. 

Segundo Rafael, o vírus é chamado de ransomware e é um tipo novo utilizado pelos hackers. “Eles bloqueiam os dados e pedem uma recompensa para liberá-los”, informou. Parte dos dados já foi recuperada nesta segunda-feira e as equipes da FMS e da empresa terceirizada responsável pelo serviço de proteção dos dados continuam trabalhando.

Um novo servidor de dados já está sendo implantado e promete mais segurança para a rede. 

“Primeiro passo é que o serviço volte a funcionar, mais ágil a população. Amanhã estamos colocando o servidor novo em conclusão e vamos trabalhar para recuperar os dados que ainda estão bloqueados”, explica Rafael. 

Como consequência temporária, alguns pacientes do SUS podem não conseguir obter o resultado dos seus exames realizados nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Teresina no período de setembro de 2018 até a presente data. 

A  FMS garante que os serviços de urgência e emergência estão funcionando prioritariamente.

“Após o ataque cibernético, nós desenvolvemos uma estratégia para não prejudicar o atendimento dos pacientes internados em hospitais, em situação de urgência. Estamos visualizando os resultados e encaminhando para estes estabelecimentos, de forma manual. Tranquilizamos à população de que essa situação é temporária e que a empresa responsável e a FMS estão tomando todas as providências cabíveis para que possamos voltar a ter acesso aos exames online”, ressalta a Evelma Vasconcelos,  diretora do Laboratório Raul Bacellar.

Para adotar as medidas de segurança necessárias e conter o ataque virtual, a Fundação Municipal de Saúde registrou boletim de ocorrência e acionou imediatamente a empresa Diagnocel, responsável pelo sistema afetado. 

“Fizemos o registro na Polícia Civil e vamos fazer o registro na Polícia Federal. Vale adiantar que a empresa também está se responsabilizando pelo ocorrido”, destacou o gerente da FMS.

Exames

O Raul Bacellar é o laboratório de análises clínicas da Fundação Municipal de Saúde que realiza a coleta e análise de mais de 100 tipos de exames para os estabelecimentos de saúde do município. Atualmente, o local realiza em média 180 mil exames por mês, nas especialidades: Baciloscopia, Bioquímica, Hematologia, Imunologia, Hormônios, Parasitologia, Urinalise e Citologia

FONTE: https://cidadeverde.com/noticias/304410/hackers-invadem-sistema-da-fms-e-bloqueiam-mais-de-10-mil-exames

Previous post Operação prende hacker de 19 anos que roubava senhas bancárias
Next post Hackers revelam projetos russos para controle da internet

Deixe um comentário