Vazamento expõe dados de funcionários da Tesla e até de Elon Musk

Views: 167
0 0
Read Time:2 Minute, 6 Second

Segundo a Tesla, dois ex-funcionários divulgaram os dados pessoais dos trabalhadores da empresa, e de Elon Musk, para um jornal alemão

Alessandro Di Lorenzo

Imagem: kovop/Shutterstock

Tesla informou que uma série de irregularidades internas resultaram no vazamento de informações de mais de 75 mil empregados da empresa. Segundo a montadora de veículos elétricos, dois ex-funcionários foram os responsáveis por divulgar dados pessoais de trabalhadores, além do próprio Elon Musk, para um jornal alemão.

Vazamento inclui dados pessoais

  • A conclusão da investigação interna realizada pela Tesla foi enviada ao procurador-geral do estado do Maine, nos Estados Unidos, que também apurava o caso.
  • “A investigação revelou que dois ex-funcionários da Tesla se apropriaram indevidamente das informações em violação das políticas de segurança de TI e proteção de dados da Tesla e as compartilharam com o meio de comunicação”, informou Steven Elentukh, diretor de privacidade de dados da Tesla.
  • Essas informações, segundo a empresa, incluem dados de identificação pessoal, como nomes, endereços, números de telefone e de CPF de trabalhadores atuais e antigos, inclusive o de Elon Musk.
  • Dois ex-funcionários foram acusados de compartilharam essas informações com o jornal alemão Handelsblatt, segundo a TechCrunch.
  • O veículo garantiu à Tesla que não publicaria nenhuma informações e que está “legalmente proibido de usá-las de forma inadequada”.
  • A empresa ainda destaca que entrou com ações judiciais contra os responsáveis pelo vazamento.
  • “A Tesla também obteve ordens judiciais que proíbem os ex-funcionários de usar, acessar ou divulgar os dados, sujeitos a penalidades criminais”, comunicou a montadora.

Outros casos envolvendo a Tesla

  • Em maio deste ano, o mesmo Handelsblatt noticiou um vazamento de informações forneceu cerca de 100 GB de dados internos da Tesla.
  • A reportagem revelou milhares de reclamações dos clientes sobre recursos de piloto automático da empresa nos últimos anos.
  • Saiba mais sobre o assunto clicando aqui.
  • Já um reportagem da Reuters, também de 2023, revela que funcionários da Tesla compartilharam fotos e vídeos capturados pelas câmeras de vários proprietários de carros da montadora entre 2019 e 2022.
  • As informações da agência mostram que os trabalhadores repassavam as imagens em um sistema de mensagens interno da empresa.
  • Um dos registros obtidos mostra um acidente de 2021, quando um condutor que estava dirigindo em alta velocidade em uma área residencial atingiu uma criança andando de bicicleta.
  • Esse vídeo teria se espalhado pelo escritório de San Mateo, na Califórnia.
  • Clique aqui para saber mais sobre esse caso.

FONTE: OLHAR DIGITAL

POSTS RELACIONADOS