Ciberataque obriga fechamento de hospitais nos Estados Unidos

Views: 128
0 0
Read Time:1 Minute, 15 Second

Um ciberataque contra um grupo hospitalar americano obrigou o fechamento das unidades de emergência e de outros serviços críticos em suas instalações de quatro estados, informaram fontes do sistema de saúde nesta sexta-feira (4). 

O Prospect Medical Holdins, que gerencia 16 hospitais em Califórnia, Connecticut, Pensilvânia e Rhode Island, sofreu “um incidente de segurança de dados”, explicou uma porta-voz à AFP. “Ao tomarmos conhecimento, desconectamos nossos sistemas para protegê-los, e abrimos uma investigação com a ajuda de especialistas externos em cibersegurança”, acrescentou. 

O Hospital Waterbury do grupo em Connecticut informou que o apagão cibernético afetava todas as intervenções a pacientes hospitalizados e ambulatórios, e obrigou o pessoal a usar “registros de papel”. A Rede de Saúde do Leste de Connecticut notificou que seu centro de emergência estava fechado e que as cirurgias eletivas haviam sido canceladas até novo aviso. 

Suspeita-se de que o incidente poderia ser um ataque de “ransomware”, ou sequestro de dados, mas ele ainda estava sendo investigado, disse a porta-voz. Esse tipo de ataque cibernético tende a acessar sistemas vulneráveis e criptografar e roubar dados, antes de enviar um pedido de resgate exigindo um pagamento em troca de descriptografá-los ou de não torná-los públicos. Grupos de saúde tendem a ser alvo recorrente desses ciberataques.

“Enquanto nossa investigação prossegue, estamos concentrados em atender as necessidades urgentes de nossos pacientes, e trabalhamos com atenção para voltar à normalidade o quanto antes”, disse a porta-voz. (AFP)

FONTE: O TEMPO

POSTS RELACIONADOS