Check Point: empresas sofrem 1258 ataques por semana no segundo trimestre de 2023

Views: 242
0 0
Read Time:1 Minute, 34 Second

A equipa de investigação da Check Point revelou os dados do segundo trimestre de 2023 em que registou um aumento de 8% nos ciberataques semanais a nível global, com as organizações a enfrentarem uma média de 1258 ataques por semana. Este é número mais elevado registado pela Check Point Research (CPR) nos últimos 2 anos.

O sector da Educação/Investigação registou o maior número de ataques, com uma média de 2179 ataques por organização e por semana, o que representa uma diminuição de 6% em comparação com o mesmo trimestre de 2022. Este foi seguido pela Administração Pública/Defesa, com uma média de 1772 ataques por semana, o que representa um aumento de 9% em relação ao mesmo período do ano passado. Em terceiro lugar está o sector da Saúde com uma média de 1744 ataques por semana, refletindo um aumento significativo de 30% em relação ao período homólogo.

Durante o segundo trimestre de 2023, África registou o número médio mais elevado de ciberataques semanais por organização, com uma média de 2164 ataques. Isto significa um aumento anual significativo de 23% em comparação com o mesmo período de 2022. A região Ásia-Pacífico também testemunhou um aumento significativo de 22% em relação ao ano anterior no número médio de ataques semanais por organização, atingindo uma média de 2046 ataques. A Europa é o quarto continente com 1013 ataques e um aumento de 5% é também a região em que menos aumentaram os ciberataques.

Ao nível do ransomware, os investigadores da CPR alertam que, no segundo trimestre de 2023, uma em cada 44 organizações em todo o mundo sofreu um ataque, representando uma diminuição de 9% em comparação com o segundo trimestre de 2022. Já no que diz respeito a áreas de actividade, a mais atingida por ransomware foi a Administração Pública/Defesa, seguida da Saúde e da Educação/Investigação.

FONTE: BUSINESS.IT

POSTS RELACIONADOS