Brasil registra R$ 2,5 bilhões em tentativas de fraude no primeiro semestre de 2023

Views: 167
0 0
Read Time:3 Minute, 2 Second

No período, ocorreram 2 milhões de tentativas de fraudes; pesquisa revela ainda crescimento no ticket médio

No primeiro semestre de 2023, o País registrou 2 milhões de tentativas de fraude, segundo o Mapa da Fraude da ClearSale. Em valores, o total chega a somar R$ 2,5 bilhões. O estudo que analisou 117,1 milhões de pedidos, entre 1° de janeiro a 30 de junho, aponta uma queda de 50,6% no número de tentativas de fraude comparado ao mesmo período do ano passado. No entanto, apesar de quedas nos números gerais, o valor do ticket médio das tentativas de fraudes foi de R$ 1.273, crescimento de 4,1% a mais que no primeiro semestre de 2022.

Para Eduardo Mônaco, CEO da ClearSale, os dados refletem a desaceleração do comércio eletrônico e as incertezas financeiras decorrentes do atual cenário econômico. “Já havia esta expectativa devido à retomada do comércio presencial e ligeira diminuição das vendas por aplicativos. De toda forma, os números ainda são altos, principalmente quando olhamos para o valor total e ticket médio das tentativas de fraude que, inclusive, foi mais alto do que em 2022. Lojistas precisam permanecer atentos e vigilantes aos possíveis golpes, cada vez mais sofisticados e frequentes”, comenta.

Para o levantamento do Mapa da Fraude, a ClearSale considerou apenas pagamentos via cartão de crédito no setor de e-commerce. São consideradas tentativas de fraude todas as transações que, por algum motivo, foram classificadas como suspeitas ou confirmadas como fraude. Abaixo, confira os dados exclusivos sobre as fraudes no e-commerce brasileiro:

Categorias

Entre as categorias que mais sofreram tentativas no primeiro semestre deste ano, estão eletrônicos (5,7%), com ticket médio de R$ 2.545, celular (5,2%), com R$ 2.901, e informática (3,3%), com R$ 2.623. Vale ressaltar que, com exceção de informática, eletrônicos e celulares estão pelo terceiro ano consecutivo na liderança das categorias mais visadas por fraudadores. Isso se deve, segundo o CEO, à elevada procura em mercados paralelos, maior liquidez e facilidade de transporte.

Regiões

A região Norte (2,6%) segue apresentando o maior índice percentual de tentativas de fraudes sobre a quantidade de transações, com um ticket médio de R$ 1.381. O Nordeste (2,2%), por sua vez, ocupa o segundo lugar do ranking, com R$ 1.300. Centro-Oeste (1,6%) e Sudeste (1,6%), com um empate, fecham o TOP 3, com R$ 1.438 e R$ 1.157 do ticket médio das tentativas de fraude, respectivamente.

Já a região Sul (1%), apresenta o menor índice do ranking dos estados, com R$ 1.153. No entanto, considerando apenas números absolutos, a região Sudeste, com 47,1 milhões de pedidos, contou com o maior número de fraudes do País. 

Gênero x Faixa etária

Quanto ao gênero, o público masculino é quem mais sofre com tentativas de fraudes (2,3%), seguido por outros (1,7%), pessoas com outras definições de gênero ou erros de integração, e, por fim, o público feminino (1,2%). Em termos de faixa etária, embora pessoas entre 36 e 50 anos (1,1%) façam mais pedidos on-line, o estudo revela que pessoas de até 25 anos foram as que mais sofreram tentativas de fraudes (3,3%), seguido pelo grupo de 26 a 35 anos (1,5%). 

Outros mercados

O Marketplace é outro mercado que não escapa dos fraudadores, inclusive, o ticket médio das tentativas de fraude neste mercado é de R$ 1.849. No período, foram analisados 17,2 milhões de pedidos, os quais 347,4 mil sofreram com tentativas de fraudes, totalizando uma valoração de R$ 642,3 milhões.

FONTE: SECURITY REPORT

POSTS RELACIONADOS