Agência francesa de desemprego é nova vítima de hack ao MOVEit

Views: 157
0 0
Read Time:1 Minute, 41 Second

Informações pessoais de cerca de 10 milhões de pessoas podem ter sido comprometidas numa violação de dados na agência de desemprego francesa Pole Emploi

As informações pessoais de cerca de 10 milhões de trabalhadores foram comprometidas em uma violação de dados na agência governamental francesa de desemprego Pole Emploi. O órgão, que fornece auxílio financeiro a desempregados e os ajuda a encontrar uma recolocação no mercado de trabalho, afirma ter tomado conhecimento do incidente há pouco mais de uma semana.

A violação de dados, afirma a agência, foi resultado de um ataque cibernético a um de seus prestadores de serviços e afirma que nenhum sistema foi afetado. Segundo a Pole Emploi, os dados comprometidos durante o ataque pertencem a pessoas que se cadastraram no órgão até fevereiro de 2022 e incluem nomes e CPF. Outras informações pessoais, como endereços de e-mail, números de telefone, senhas e credenciais bancárias não foram afetadas.

“Embora não haja risco na remuneração e no apoio oferecido pelo Pole Emploi, nem no acesso ao espaço pessoal do pole-emploi.fr, a agência aconselha os candidatos a emprego a permanecerem vigilantes diante de qualquer tipo de abordagem ou proposta que possa parecer fraudulenta”, diz a agência em nota.

A Pole Emploi também afirma que notificará todas as pessoas cujos dados foram violados no incidente, mas não forneceu informações sobre quantas pessoas podem ter sido afetadas.

De acordo com a empresa de segurança cibernética Emsisoft, a violação de dados foi o resultado de um hack ao popular software de transferência segura de arquivos MOVEit em maio, que impactou cerca de mil organizações e mais de 60 milhões de pessoas. Os dados recolhidos pela Emsisoft de várias fontes mostram que cerca de 10 milhões de indivíduos podem ter sido afetados pela violação de dados do Pole Emploi.

O jornal francês LeParisien relata que a violação de dados ocorreu na empresa de gestão de experiência do cliente Majorel, responsável pela digitalização e processamento de documentos fornecidos por candidatos a emprego.

FONTE: CISO ADVISOR

POSTS RELACIONADOS