Como a segurança residencial pode ser melhorada com IoT?

Views: 429
0 0
Read Time:4 Minute, 0 Second

A Internet das Coisas (IoT) tem explodido na última década, com cada vez mais objetos ou dispositivos conectados. Esses dispositivos, uma vez conectados ao mundo externo ou a um aplicativo privado, podem transferir dados do dispositivo e oferecer aos proprietários novos recursos de monitoramento. Isso os ajuda a tomar decisões mais informadas. Quando se trata de segurança residencial, a principal vantagem dos dispositivos conectados é que seus sistemas podem transferir dados em tempo real, para que você possa reagir rapidamente, no caso de estar viajando e suspeitar que algo está errado em casa. A IoT também permite que os sistemas de segurança residencial ofereçam uma variedade de novos recursos, como biometria segura e detecção facial na porta.

Se os dispositivos conectados enviam informações importantes para os proprietários, muitas vezes eles fornecerão informações importantes aos fabricantes de dispositivos de segurança para ajudá-los a monitorar melhor seus dispositivos e planejar atualizações necessárias.

A IoT aumenta o desempenho dos sistemas de segurança ao escolher a tecnologia de conectividade certa.

Ao escolher um novo sistema de segurança conectado, é importante considerar as diferentes tecnologias de conectividade. Pode-se optar por conexão com fio (linha terrestre), sem fio ou uma combinação de ambos. Acreditamos que dispositivos com conectividade celular sem fio – ou sem fio em combinação com linha fixa – são a melhor opção. Por quê?

A conectividade celular traz segurança adicional, pois os dispositivos sem fio podem ser projetados com hardware robusto, mantendo seus serviços em funcionamento, mesmo no caso de quedas de energia ou interrupções nas linhas de dados físicas causadas por ladrões ou criminosos domésticos.

Com o surgimento do 4G ou 5G, novos recursos que proporcionam um desempenho superior aos sistemas de segurança residencial, como streaming de vídeo, monitoramento em tempo real de dispositivos ou gerenciamento de dispositivos via rede, são suportados.

“Para a EBS, a segurança sólida está no cerne de nossos negócios. Como fabricante de sistemas de segurança inteligentes, temos mais de 3 milhões de dispositivos em campo. Nossos clientes confiam na EBS para estar na vanguarda da tecnologia de segurança o tempo todo – e para mantê-los e sua propriedade protegidos. Isso é uma responsabilidade que levamos muito a sério, também ao escolher nossos fornecedores. Com o Cinterion ELS62, podemos contar com a vasta experiência em segurança da Thales e ter um módulo de conectividade de última geração que nos permite explorar novas tecnologias sem deixar dúvidas sobre a proteção de dados”, disse Piotr Blaszczyk, Membro do Conselho de Administração – Diretor de Pesquisa, Desenvolvimento e Suporte Técnico da EBS Sp. z o. o.

A IoT permite atualizações remotas seguras para dispositivos instalados por um longo período. Os sistemas de segurança residencial geralmente são projetados para durar e funcionar por muitos anos. Nesse contexto, é importante monitorar cuidadosamente os dispositivos de segurança para evitar interrupções na conectividade e garantir a disponibilidade dos dispositivos.

A conectividade celular da IoT permite a transferência confiável e segura de dados críticos para monitorar o estado dos dispositivos e reagir rapidamente, se necessário. Atualizações de software ou recursos de segurança podem ser realizados remotamente, economizando tempo e custos de envio de alguém para sua casa.

Se o seu sistema de segurança estiver conectado por celular, você também pode se beneficiar de novos sistemas, como cartões SIM dedicados para IoT, que garantem conectividade 24/7 com o melhor operador em seu setor. Isso simplifica tremendamente a instalação de um sistema de segurança em casa (seja por um técnico ou em um contexto de faça-você-mesmo). Além disso, garantirá que seus sistemas de segurança residencial permaneçam conectados, mesmo no caso de interrupções na rede que possam causar interrupções no serviço.

A conectividade celular da IoT pode proteger sistemas de segurança residencial contra ciberataques.

Não devemos esquecer que dispositivos conectados sem fio podem trazer a questão de ciberataques e controle remoto de dispositivos por pessoas maliciosas.

A tecnologia celular, fornecida por especialistas em segurança cibernética como a Thales, mantém dispositivos conectados protegidos contra ataques cibernéticos. Soluções de conectividade bem projetadas integram ambientes à prova de violação (hardware seguro, como módulos ou cartões SIM) que mantêm a identidade de seus dispositivos de segurança e informações do dispositivo em ambientes protegidos, aos quais nenhum hacker físico ou remoto pode acessar (por exemplo, armazenamento seguro de credenciais ou do resultado esperado de uma verificação facial biométrica).

Soluções de segurança residencial da IoT podem implementar sistemas de autenticação digital muito robustos, baseados em identidades confiáveis e mecanismos de criptografia, para garantir que os dados gerados pelo seu dispositivo de segurança venham claramente do SEU dispositivo e não tenham sido modificados no caminho para o seu aplicativo de monitoramento.

Esse artigo tem informações retiradas do blog da Thales. A Neotel é parceira da Thales e, para mais informações sobre as soluções e serviços da empresa, entre em contato com a gente.

POSTS RELACIONADOS