Saúde e governo se mantêm como alvos preferenciais do cibercrime

Views: 69
0 0
Read Time:50 Second

Relatório elaborado pela Cisco Talos Incident Response também indica que o ransomware dominou o cenário de ameaças

A Cisco Talos Incident Response acaba de divulgar seu relatório 2021 destacando os ataques mais comuns ao longo do último ano, os maiores alvos e as previsões para 2022. Durante boa parte de 2021, o setor da Saúde foi o mais visado por ciberataques, mas em meados de setembro, o cenário mudou e o setor Público/Governo local se tornou o segmento de maior alvo.

De acordo com o relatório, o ransomware dominou o cenário de ameaças. No entanto, houve uma mudança nos invasores quando grandes ransomwares como Ryuk ou REvil ficaram offline e a Cisco Talos observou uma maior variedade de atores com maior dependência de ferramentas comercialmente disponíveis e de código aberto.

Por fim, quando se trata de vetores de ataques, a Cisco Talos descobriu que os mais comuns envolviam exploração de aplicativos de Internet ou uso de golpes de phishing pra atingir usuários finais.

FONTE: IP NEWS

Previous post Segurança da rede era preocupação do GSI no leilão do 5G
Next post 2021 Thales Cloud Security Study – The Challenges of Cloud Data Protection and Access Management in a Hybrid and Multicloud World

Deixe um comentário