Após ataque à Saúde, hackers invadem site Escola Virtual, do governo federal

Views: 57
0 0
Read Time:1 Minute, 25 Second

Criminosos virtuais, que se identificam como Lapsus$, deixaram uma mensagem no site da Escola Virtual com ofensas ao presidente Jair Bolsonaro. A plataforma vinculada ao Ministério da Economia precisou ser retirada da rede.Em menos de 24 horas, aconteceu mais uma vez: o grupo que invadiu as plataformas do Ministério da Saúde na madrugada desta sexta-feira (10) fez uma nova vítima.Os hackers atacaram o site da Escola Virtual, um ambiente de cursos à distância ligado à Escola Nacional de Administração Pública (Enap), ligado ao Ministério da Economia.Os criminosos virtuais conhecidos como Lapsus$ deixaram uma mensagem na página de entrada do site com xingamentos ao presidente Jair Bolsonaro.

“Nós voltamos, porém, com mais notícias (e com mais poderio). Vamos explicar algumas coisas: o nosso único objetivo é obter dinheiro, não ligamos para a família Bolsonaro (vulgo Bolsofakenews)”, escreveram.Outros sites do governo atingidos foram os da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e páginas ligadas à secretaria de Governo Digital, órgão que integra a estrutura da secretaria de desburocratização do Ministério da Economia.Notícias do BrasilNão adianta tecnologia se ‘as pessoas são o elo fraco’, diz especialista após ataque hacker ao SUS10 de dezembro, 13:34Na madrugada de hoje (10), ao tentar acessar o portal do Ministério da Saúde, os usuários encontraram o seguinte recado: “Os dados internos dos sistemas foram copiados e excluídos. 50 TB (Terabyte) de dados está (sic) em nossas mãos”.

Sobre o ataque ao Ministério da Saúde, a Polícia Federal abriu um inquérito para investigar a invasão e, em nota, afirmou que os bancos de dados de sistemas da pasta não foram criptografados pelos hackers.

FONTE: SPUTNIK

Previous post Aplicativo do ConecteSUS deixa de apresentar vacinas; site está fora do ar
Next post População não perderá os dados, diz Queiroga após ataque hacker

Deixe um comentário