Hackers vazam detalhes particulares de soldados israelenses

Views: 52
0 0
Read Time:50 Second

Nesta quinta-feira (28), um grupo de hackers — autodenominado Equipe de Moisés — divulgou dados particulares de centenas de soldados e agentes de segurança de Israel, além de jovens encaminhados ao recrutamento obrigatório.

Os detalhes foram publicados na Dark Web, rede clandestina de servidores online.

Os hackers invadiram 165 servidores e 254 websites israelenses e coletaram 11 terabytes de dados. Além disso, alegaram manter vigilância sobre o Ministro da Defesa Benny Gantz.

“Sabemos de cada decisão tomada e atingiremos vocês onde menos esperam”, advertiu o grupo. “Temos documentos secretos do Ministério da Defesa, mapas militares e informações sobre o envio de tropas; divulgaremos seus crimes ao mundo”.

Na segunda-feira (25), fotografias pessoais de Gantz foram publicadas online.

Segundo o jornal Haaretz, os dados expostos incluem detalhes de hierarquia, contingente e contato, além de informações privadas compartilhadas com o alto comando.

Autoridades em Israel acusam o Irã de conduzir o ataque.

Todavia, a república islâmica não comentou o caso, até então.

FONTE: MONITOR DO ORIENTE

Previous post Inteligência artificial (IA) adivinha senhas bancárias
Next post Custos com ransomware serão os maiores da história em 2021, afirma SonicWall

Deixe um comentário