Telefones de 5 ministros da França teriam sido infectados com malware Pegasus

Views: 91
0 0
Read Time:1 Minute, 8 Second

Mídia francesa revela que rastros do vírus eletrônico foram detectados durante inspeção pelos serviços de segurança da França em aparelhos de cinco ministros em 2019 e 2020.

Os telefones de pelo menos cinco ministros da França foram infectados com o malware Pegasussegundo informou a mídia francesa Mediapart, especializada em investigações.

O programa espião Pegasus foi encontrado em telefones de cinco ministros franceses em 2019 e 2020. Os rastros do vírus eletrônico foram detectados durante inspeção pelos serviços de segurança da França.

Foram infectados os aparelhos do ministro da Educação, Jean-Michel Blanquer, da ministra de Desenvolvimento Territorial, Jacqueline Gourault, do ministro da Agricultura e Alimentação, Julien Denormandie, da ministra-delegada da Habitação, Emmanuelle Wargon, e do ministro do Ultramar, Sébastien Lecornu.

Anteriormente, várias mídias revelaram que o malware Pegasus da empresa israelense NSO Group, usado pelos serviços de inteligência para espiar criminosos e terroristas, também foi aplicado para vigilar políticos, empresários, ativistas, jornalistas e opositores em todo o mundo. Na lista estão três presidentes, dez primeiros-ministros e um rei.

Entre os supostos alvos de vigilância estão o presidente da França, Emmanuel Macron, o presidente do Iraque, Barham Salih, o presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, o premiê do Paquistão, Imran Khan, o premiê do Egito, Moustafa Madbouly, e o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, entre outros.

FONTE: SPUTNIKNEWS

Previous post Black Friday 2021: cibersegurança deve estar entre ações prioritárias
Next post Estes são os principais riscos digitais de apps de namoro

Deixe um comentário