Trend Micro explica como minimizar os riscos de ataques cibernéticos e aliviar a sobrecarga das equipes de segurança

Views: 93
0 0
Read Time:2 Minute, 57 Second

70% das equipes de cibersegurança estão emocionalmente sobrecarregadas pelo volume diário de alertas

A Trend Micro anunciou o lançamento do Trend Micro Service One, que consolida os serviços contratados para otimizar o gerenciamento das ameaças corporativas. Os novos pacotes de serviços – que podem incluir suporte premium, serviço de alerta precoce, XDR gerenciado e resposta a incidentes – ajudam os clientes a prevenir, detectar e responder os ataques cibernéticos com mais rapidez, complementando os recursos internos.

O cenário dinâmico de ameaças cibernéticas deixa as empresas vulneráveis ​​e gera alta demanda para os especialistas em segurança, que precisam fazer a triagem e investigar os incidentes. Segundo estudo global realizado pela Trend Micro em 21 países, 70% das equipes de cibersegurança estão emocionalmente sobrecarregadas pelo volume diário de alertas.

De acordo com Aaron Sherrill, analista de pesquisa sênior da 451 Research, que faz parte da S&P Global Market Intelligence, as equipes de segurança estão lutando para entender a abordagem ou estratégia certa a ser empregada para detectar e responder ameaças avançadas. “Embora a maioria das organizações tenha uma infinidade de ferramentas de segurança à sua disposição, elas estão criando enormes quantidades de dados que devem ser explorados e inspecionados. Está ficando cada vez mais difícil distinguir entre o ruído e os indicadores de ameaças sérias, especialmente as ameaças complexas, que operam de forma lenta para evitar a detecção”.

A terceirização do gerenciamento de segurança diminui significativamente as cargas de trabalho e salva as empresas de violações catastróficas. “O peso do mundo foi sentido por nossa equipe de segurança à medida que trabalhamos incansavelmente para garantir o sucesso da organização na jornada de transformação digital”, explica Andre Castleberry, gerente de segurança cibernética do Condado de Hall, na Geórgia. “Os serviços gerenciados da Trend Micro capacitaram nossa pequena equipe para gerenciar risco e conformidade em escala. Ter especialistas em ameaças para dar suporte à detecção e resposta do dia a dia para nossa plataforma de segurança permite que os nossos funcionários concentrem suas energias no atendimento aos nossos cidadãos”.

A análise especializada de ameaças da Trend Micro e o monitoramento por meio de seus diferentes serviços ajudam a fortalecer os planos de gerenciamento de riscos de negócios. A detecção e resposta gerenciada de ameaças em uma plataforma de segurança completa tira o fardo da triagem de dados de ameaças de equipes de segurança extensas, permitindo que os recursos internos se concentrem na produtividade do negócio.

“As equipes de segurança têm sido levadas ao máximo, enquanto o risco comercial de ciberataques continua a aumentar”, comenta Wendy Moore, vice-presidente de Marketing da Trend Micro. “Queremos ajudar a tornar a vida de nossos clientes mais fácil e, ao mesmo tempo, minimizar o risco de invasões. Proporcionar uma visão melhor de toda a plataforma de segurança, desde a ativação do produto, ao monitoramento e mitigação de riscos, passando pela detecção e resposta de ataques, é a nossa maneira de fazer isso. Nossos serviços proativos que cruzam o ciclo de vida das ameaças permitem visibilidade e proteção mais avançadas, ajudando as empresas a fazer o gerenciamento de maneira mais eficaz “, completa.

A segurança corporativa requer operações simplificadas com uma perspectiva mais ampla, incluindo melhor contexto para caçar, detectar e conter as ameaças, para lidar melhor com o risco introduzido pelos hackers. A plataforma de segurança cibernética da Trend Micro constata atividades maliciosas com inteligência de várias fontes, melhorando as investigações, análises e tempos de resposta, ao mesmo tempo que elimina a pressão da equipe SOC, para que esta possa se concentrar nas atividades de alto valor.

FONTE: IP NEWS

Previous post 23 mil credenciais de VPN do Brasil na dark web
Next post Estudo: TI sente-se pressionada com comprometimento da segurança

Deixe um comentário