Gartner: investimentos de governos em TI crescerão 6,5% em 2022

Views: 127
0 0
Read Time:1 Minute, 27 Second

Gastos com serviços de TI e software aumentarão 8,4% e 12%, respectivamente, em relação a 2021

Foto: Shutterstock

Os governos continuarão a acelerar os investimentos em tecnologias digitais para se recuperarem dos impactos na saúde pública causados pela pandemia de Covid-19. Desse modo, o Gartner estima que os gastos do setor em TI atingirão US$ 557,3 bilhões em TI em 2022, uma alta de 6,5% em relação a 2021.

“As interrupções causadas pela pandemia também reforçam que política pública e a tecnologia são, hoje, inseparáveis e que a combinação destes fatores é um princípio fundamental para a construção de um governo digital”, analisa Irma Fabular, Vice-Presidente de Pesquisa do Gartner.

Cerca de 64% do orçamento de TI dos governos será destinado a serviços e programas para melhorar a capacidade de resposta e a resiliência dos serviços públicos no ano que vem. O foco é melhorar a experiência dos clientes e também dos funcionários públicos, fortalecer capacidades analíticas e aumentar a agilidade operacional.

Segundo a empresa de pesquisa, os governos gastarão em 2022 cerca de US$203 bilhões com serviços de TI (alta de 8,4% em relação a 2021) e RS$151 bilhões com software (alta de 12% em um ano).

Dentre as prioridades das organizações de governo para o próximo ano estão: modernização da infraestrutura e das aplicações de TI e transformação e implementação de projetos de governo digital. O Gartner pontua, ainda que os pacotes de financiamento de assistência econômica frente a pandemia, como os dos Estados Unidos e União Europeia, fomentarão a capacitação digital, fortalecendo a cibersegurança e inclusão digital.

Leia mais sobre o estudo no IT Forum.

FONTE: CIO

Previous post O fator humano como chave na segurança digital
Next post Apura identifica 39 sites na Dark Web com dados roubados para extorsão

Deixe um comentário