Lojas Renner confirmam ataque. RansomExx reivindica

Views: 205
0 0
Read Time:1 Minute, 59 Second

O grupo que opera o ransomware RansomExx parece ter atacado a rede de varejo brasileira Lojas Renner. Uma mensagem escrita em inglês indica o comprometimento de ativos digitais. No final da tarde, a Renner emitiu um comunicado ao mercado confirmando o incidente (veja imagem). NO mesmo comunicado, a empresa salientou que “atua de forma diligente e com foco para mitigar os efeitos causados, com a maior parte das operações já restabelecidas e tendo sido verificado que os principais bancos de dados permanecem preservados. Em nenhum momento as lojas físicas tiveram atividades interrompidas”.

Clique para ampliar

Segundo fontes ouvidas pelo Ciso Advisor, pelo menos 1.600 computadores teriam sido comprometidos, mas o número poderia ser maior segundo algumas versões. A mensagem enviada está transcrita abaixo. Ela contém um endereço na deep web relativa ao site de vazamentos do RansomExx. 

Hello, Lojas Renner S.A. (lojasrenner.com.br)! First of all it is just a business and the only thing we are interested a in is money. Your files were encrypted. Please don’t try to modify or rename any of encrypted files, because it can result in serious data loss and decryption failure. Here is your personal link with full information regarding this | accident (use Tor) 

Trecho a mensagem supostamente enviada à Renner pelos operadores do RansomExx

Uma imagem de conversa de WhatsApp que circulou nas redes durante a tarde indicava que o data center havia sido comprometido, embora as estações de trabalho estejam preservadas segundo a conversa. Há comentários de que o valor do resgate em moeda criptográfica se aproxima de R$ 1 bilhão. 

No momento em que este texto foi finalizado o site das lojas Renner estava inativo. O site da Realize Soluções Financeiras, empresa que opera o cartão de crédito da empresa, estava com a área de pagamentos indisponível (veja imagens abaixo). 

Clique para ampliar

O RansomExx é o mesmo que atingiu na semana passada a empresa Gigabyte, fabricante de motherboards, e também a Embraer.

Numa postagem no Linkedin, o jornalista Maurício Renner, diretor do portal Baguete, informou que os problemas começaram a ser notados às 11h50 e que em mais de uma loja. 

A Renner tem 24 mil funcionários, cerca de 600 lojas e um valor de mercado da ordem de R$ 40 bilhões. Ela fatura anualmente perto de R$ 8 bilhões.

FONTE: CISO ADVISOR

Previous post Lojas Renner confirma ataque cibernético que tirou site da marca do ar
Next post Agência de Cibersegurança dos EUA lança manual contra sequestros digitais

Deixe um comentário