Após ataque de ransomware, Colonial Pipeline enfrenta processos judiciais

Views: 80
0 0
Read Time:1 Minute, 27 Second

Há mais de dois meses, a empresa de infraestrutura energética dos Estados Unidos – Colonial Pipeline – sofreu um ataque de ransomware, incidente que resultou na falta de combustíveis em postos de combustível na costa leste americana.

Segundo o Washington Post, agora pelo menos um operador de postos de combustível está tomando medidas legais contra a Colonial, representando uma nova fase pós-ataque, depois que parte dos fundos foi devolvida à Colonial. 

Segundo o Washington Post, o operador do posto de gasolina do estado da Carolina do Norte, Eddie Darwich, entrou com um processo contra a Colonial por negligência, no que poderá se tornar um processo de ação coletiva, se aprovado. 

“O réu tinha um compromisso com o requerente e com a ação coletiva a nível nacional para exercer o cuidado mínimo a fim proteger a infraestrutura crítica da Pipeline, incluindo a proteção contra ataques de ransomware e para proteger o fluxo do produto como um recurso crítico sobre o qual o réu exerce controle”, consta no processo.

Segundo o informe, outro processo foi iniciado em maio e uma outra empresa está em busca de iniciar um terceiro caso contra a Colonial.

Como pano de fundo dessas ações legais está a ampla resposta de segurança nacional dentro do governo americano, uma iniciativa que foi impulsionada pelo governo Biden.

Na semana passada, o Congresso americano realizou uma audiência sobre ataques de ransomware, com foco em investimentos em cibersegurança e agentes estatais, apesar de as criptomoedas terem feito parte dos debates.

Oficiais da Casa Branca disseram anteriormente que ferramentas de análise de criptomoedas fariam parte da resposta federal a ataques de ransomware, como uma tentativa de rastrear pagamentos e identificar aqueles por trás deles.  

FONTE: MONEY TIMES

Previous post Especialista dá dicas para descobrir o nível de adequação da empresa à LGPD
Next post Segurança digital: não há inovação que funcione sem ela

Deixe um comentário