Novo hack DeFi atinge mais de 10 projetos e rouba US$ 8 milhões

Views: 59
0 0
Read Time:2 Minute, 5 Second

Por Dale Hurst

A plataforma descentralizada cross-chain ChainSwap sofreu o segundo ataque hacker em apenas oito dias.

O ataque mais recente, ocorrido no último sábado (10), teria resultado em perdas de aproximadamente US$ 8 milhões (R$ 42 milhões).

Os representantes da ChainSwap alertou seus usuários a partir de sua conta oficial do Twitter a não comprar nenhum token nativo da plataforma, ASAP, enquanto investigavam o ataque.

Menos de uma hora depois, eles publicaram outro tuíte, avisando aos usuários que haviam capturado o estado de todas as carteiras de tokens e LPs antes do hack. Eles também afirmaram que estabeleceriam um plano de compensação para os tokens perdidos.

O ataque teria afetado mais de 10 projetos. A oracle Umbrella Network descentralizada teve mais de 3 milhões de seus tokens UMB roubados. Enquanto isso, os hackers também tinham como alvo projetos como Antimatter, Dafi, Blank, Razor e Oro.

O hack também afetou o Option Room, um protocolo de projeção controlado por usuários. De acordo com um tuíte de sábado, os invasores roubaram US$ 550.000 de seu token nativo ROOM.

Novidades mais recentes da ChainSwap revelaram que a equipe congelou o endereço de mapeamento de token da Binance Smart Chain (BSC), em uma tentativa de filtrar os endereços dos hackers.

“O contrato inteligente foi afetado, mas não as carteiras que interagiram com a Chainswap. Os fundos de carteiras individuais estão seguros”, declarou a plataforma.

Desde o hack, o preço do ASAP caiu consideravelmente. No final de 10 de julho, o token sofreu uma queda acentuada de uma posição consistente em torno da marca de US$ 0,28 para US$ 0,22 em apenas cinco minutos.

Desde então, ele não conseguiu recuperar essa posição, caindo ainda mais em pontos baixos de US$ 0,18. Até o momento da publicação, o ASAP valia US$ 0,20.

Primeiro ataque

O ataque de 10 de julho é o segundo desse tipo à ChainSwap neste mês. Na madrugada de 2 de julho, a plataforma relatou uma ofensiva que lhes custou US$ 800.000 (R$ 4,2 milhões) em perdas.

De acordo com seu plano de compensação, a equipe ChainSwap, com a ajuda da polícia e da OKEx, conseguiu encontrar o endereço de e-mail do atacante e entrou em negociações com eles.

Essas negociações resultaram na devolução de tokens Corra e RAI. A equipe do ChainSwap comprou de volta os tokens afetados do mercado e emitiu reembolsos.

FONTE: beincrypto

Previous post Ataque à cadeia de suprimentos da Kaseya comprometeu 1500 empresas; aqui está tudo o que precisa saber sobre o caso
Next post Threat Hunting traz mais eficácia aos processos de investigação e resposta a incidentes

Deixe um comentário