Fornecedor de tecnologia da Câmara dos EUA é alvo de ataque de ransomware

Views: 24
0 0
Read Time:1 Minute, 32 Second

Um fornecedor de tecnologia que presta serviços para gabinetes da Câmara dos Estados Unidos foi alvo de um ataque cibernético de ransomware. Quase 60 escritórios foram atingidos e ainda não conseguiram recuperar os dados.

A informação foi reportada nesta 3ª feira (8.jun.2021) pela newsletter Punchbowl News.

Ransomware é um tipo de programa que bloqueia os arquivos da vítima e cobrar um resgate para sua liberação.

Segundo o Punchbowl, a empresa iConstituent está trabalhando com a diretora Administrativa da Câmara (CAO, na sigla em inglês), Catherine Szpindor, para resolver o problema. O órgão afirmou que não há evidências de que sistemas domésticos tenham sido hackeados ou comprometidos.

A empresa fornece um serviço que os deputados usam para se comunicar com eleitores.

Ao Punchbowl, a administração da Câmara enviou a seguinte resposta sobre o ataque:

“O Escritório do Diretor Administrativo foi notificado pela iConstituent de que seu sistema de boletim eletrônico foi atingido por um ataque de ransomware. O sistema de e-newsletter da iConstituent é um serviço externo disponível para compra pelos gabinetes internos. No momento, a CAO não tem conhecimento de nenhum impacto nos dados da Câmara. A CAO está coordenando com os escritórios afetados apoiados pela iConstituent e tomou medidas para garantir que o ataque não afete a rede doméstica e os dados dos escritórios”. 

Os Estados Unidos vem registrando uma série de ataques virtuais com ransomware. No começo de maio o maior oleoduto do país, operado pela Colonial Pipeline foi alvo de uma investida do tipo. A empresa pagou um resgate de quase US$ 5 milhões para liberar operação da rede.

No final do mês, a unidade da JBS nos Estados Unidos identificou um ataque de ransomware que afetou servidores nos EUA e na Austrália e paralisou a produção nos 2 países.

FONTE: PODER 360

Previous post Servidores ADATA atacados pelo ransomware Ragnar Locker
Next post Quatro vulnerabilidades de segurança foram encontradas no Microsoft Office

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *