Hackers invadem reunião de Guedes com a indústria

Views: 35
0 0
Read Time:1 Minute, 28 Second

Hackers invadiram uma reunião do ministro da Economia, Paulo Guedes, com empresários do setor industrial nesta 5ª feira (27.mai.2021). Gritos, músicas e imagens pornográficas interromperam um trecho da apresentação do chefe da equipe econômica.

A invasão ocorreu durante evento promovido pela Coalizão Indústria. A reunião ocorreu de forma híbrida, com o ministro e alguns empresários reunidos de forma presencial em um hotel de Brasília e a transmissão online para os demais convidados.

O ataque hacker ocorreu pouco depois que o chefe da equipe econômica iniciou a sua apresentação. Ele falava das propostas do governo para a reforma tributária e a abertura comercial. Quem acompanhava a reunião pelo Zoom, perdeu parte da fala do ministro. No lugar, foram ouvidos gritos em russo e inglês e música alta. Vídeos pornográficos também foram exibidos.

Conhecida como Zoom-bombing, a invasão dos hackers não foi percebida por quem participava do evento de forma presencial. Por isso, Paulo Guedes prosseguiu com a apresentação e ninguém comentou do ocorrido no evento. Depois de alguns minutos, os hackers abandonaram a transmissão e a conferência também seguiu sem novos contratempos no ambiente virtual.

Em nota enviada à imprensa depois da conferência, a Coalizão Indústria disse que vai apurar os fatos e pediu desculpas pelo inconveniente. Eis a íntegra:

“NOTA DA COALIZÃO INDÚSTRIA

A Coalizão Indústria informa que durante a transmissão para a imprensa do evento “Diálogos da Indústria” houve, por alguns minutos, a interferência de terceiros que usavam nomes de jornalistas credenciados, com áudios e imagens externos. Os perfis foram excluídos rapidamente. A transmissão para o público não houve interferências e ocorreu normalmente. A Coalizão Indústria informa ainda que vai apurar os fatos e pede desculpas aos repórteres presentes na transmissão pelo inconveniente.”

FONTE: PODER 360

Previous post Cibersegurança: todos os setores produtivos na mira dos criminosos
Next post Por que sua postura de cibersegurança deve ser confiança zero

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *