Pesquisador de segurança consegue invadir AirTag

Views: 68
0 0
Read Time:1 Minute, 54 Second

Um pesquisador de segurança alemão, sob o nome de Stacksmashing, conseguiu invadir, despejar e atualizar o microcontrolador da AirTag, gadget de localização da Apple lançado em abril. Ao entrar no dispositivo, ele aumentou a preocupação com questões de segurança e privacidade.

Stacksmashing publicou seu sucesso na operação, realizada no último sábado (8), no Twitter. Essa invasão ao microcontrolador significa ser capaz de pesquisar como os dispositivos funcionam, ao analisar o firmware descarregado. Ele também pode reprogramá-los para fazer coisas inesperadas. No vídeo, o pesquisador colocou a AirTag para acessar uma URL que não era da Apple.

https://platform.twitter.com/embed/Tweet.html?creatorScreenName=olhardigital&dnt=true&embedId=twitter-widget-0&features=eyJ0ZndfZXhwZXJpbWVudHNfY29va2llX2V4cGlyYXRpb24iOnsiYnVja2V0IjoxMjA5NjAwLCJ2ZXJzaW9uIjpudWxsfSwidGZ3X2hvcml6b25fdHdlZXRfZW1iZWRfOTU1NSI6eyJidWNrZXQiOiJodGUiLCJ2ZXJzaW9uIjpudWxsfSwidGZ3X3R3ZWV0X2VtYmVkX2NsaWNrYWJpbGl0eV8xMjEwMiI6eyJidWNrZXQiOiJjb250cm9sIiwidmVyc2lvbiI6bnVsbH19&frame=false&hideCard=false&hideThread=false&id=1391165711448518658&lang=pt&origin=https%3A%2F%2Folhardigital.com.br%2F2021%2F05%2F11%2Fseguranca%2Fpesquisador-de-seguranca-consegue-invadir-airtag%2F&sessionId=cccebe183335f8b3832629f84f2d1fb4474d585c&siteScreenName=olhardigital&theme=light&widgetsVersion=82e1070%3A1619632193066&width=500px

Essa URL diferente aparece justamente quando a AirTag é programada para o Modo Perdido. Com o modo ativado, sem a alteração, claro, qualquer smartphone habilitado para NFC na tag exibe uma notificação com um link para found.apple.com. Assim, quem encontrou o objeto perdido entra em contato com o dono.

O que Stacksmashing fez parece inofensivo, mas é um espaço para ataques de malware. O cuidado fica a cargo do dono do dispositivo. Apenas tocar na AirTag não abre o site diretamente. O proprietário recebe a notificação e precisa clicar para abrí-lo. Invasores mais avançados podem usar essa via para um alvo específico com malware personalizado.

Além desse ponto da segurança, a privacidade do dispositivo da Apple também mostrou piora com a invasão, algo já apresentado com o firmware padrão. Eles relatam a localização com rapidez o suficiente ao detectar outros gadgets da big tech, independentemente do proprietário, dando ferramentas nãos mãos de perseguidores.

Agora, é só aguardar uma resposta da Apple à primeira invasão às novas AirTags. De acordo com o site Arstechnica, a empresa deve se esforçar para bloquear dispositivos fora do padrão da rede. Sem acesso à rede da Apple, o propósito do localizador se torna nula.

FONTE: OLHAR DIGITAL

Previous post Microsoft Edge sinaliza navegador rival Firefox como malware
Next post Tecnologia que simula a ação de hackers é tendência em segurança da informação

Deixe um comentário