Supermercados na Holanda ficam sem queijo após ransomware atingir fornecedor

Views: 84
0 0
Read Time:1 Minute, 28 Second

Guilherme Petry 

A Bekker Logistics, fornecedora de queijo para supermercados na Holanda, foi infectada por um ransomware no começo de abril deste ano. Como consequência, diversos supermercados do país ficaram sem queijo e outros produtos derivados por três dias. A Holanda está entre os 10 países que mais consomem queijo no mundo.

De acordo com a imprensa local, os sistemas automatizados da empresa foram comprometidos, forçando os funcionários a voltar a utilizar caneta e papel, além de interromper a distribuição de seus produtos por três dias.

Prateleiras varias em uma unidade do supermercado Albert Heijn. Foto: NOS.
Prateleiras varias em uma unidade do supermercado Albert Heijn. Foto: NOS.

“Atualmente, estamos trabalhando em todos os protocolos de inicialização. Esperamos que todos os problemas da cadeia de abastecimento sejam resolvidos nos próximos dias”, explica o diretor, Toon Verhoeven.

A rede de supermercados Albert Heijn foi uma das principais afetadas. Com mais de mil unidades espalhadas por todo o país, a rede enfrentou grave escassez de alimentos.

Com o ataque, os clientes não conseguiam realizar os seus pedidos de compra, causando grande confusão na distribuição dos alimentos, já que esse processo é totalmente automatizado e os sistemas da Bakker Logistiek foram comprometidos com o ataque.

O diretor da Bakker Logistiek não revelou mais informações sobre o ransomware ou sobre seus operadores, mas informou que a polícia está investigando o caso. No entanto, afirmou ao portal holandês, NOS, que os cibercriminosos podem ter conseguido infectar a empresa através de uma vulnerabilidade no Microsoft Exchange.

Segundo pesquisadores da Check Point, depois do descobrimento de quatro vulnerabilidades de dia zero no Microsoft Exchange, no começo deste mês, o número de tentativas de ataques às empresas clientes da ferramenta aumentou 1028%, indo de 700 na primeira semana, para 7.200 na segunda semana de março.

FONTE: THE HACK

Previous post Os 10 principais motivos para usar a CipherTrust Data Discovery and Classification
Next post IBM detalha suas apostas em cibersegurança baseada em criptografia

Deixe um comentário