Hackers invadem contas da prefeitura de Piratini e roubam mais de R$ 500 mil

Views: 98
0 0
Read Time:1 Minute, 22 Second

A Prefeitura de Piratini foi alvo de um ataque hacker na tarde desta terça-feira (13). Através do golpe, foram roubados mais de R$ 500 mil oriundos das contas do Executivo local, que já busca a restituição do valor.

De acordo com nota enviada pelo órgão, os criminosos desviaram um montante de R$ 528.202,11. A suspeita do roubo teve início quando o secretário de administração, Carlos Garcia, estranhou as movimentações bancárias do dia. Pela investigação inicial, supõe-se que a ferramenta utilizada tenha sido a clonagem e hackeamento de dados para a realização de diversas transferências nanceiras através do mecanismo PIX.

O texto arma ainda que logo após o roubo o Banco do Brasil foi contatado para bloqueio de senhas e adoção de providências com o objetivo de ser realizada a restituição dos cofres públicos. “Conforme os contatos que estão sendo realizados com a instituição bancária, acreditamos que o valor será restituído à conta do Município nos próximos dias”, arma a prefeitura.

O crime já foi também informado à Polícia Civil, que fará a investigação. “Diante disso tudo, a gestão municipal reforça o seu compromisso com a transparência de todos os atos e compromete-se a empreender todos os esforços necessários para evitar qualquer tipo de prejuízo ao erário do Município de Piratini”, naliza a nota.

Problema recorrente

Em outubro de 2020, outra cidade da região sofreu com ataques hackers. Na ocasião, a prefeitura de Candiota foi chantageada por criminosos que sequestraram dados e exigiram pagamento através da moeda virtual bitcoin. Em junho do ano passado, uma operação da Polícia Federal investigou invasões a computadores de 90 instituições gáuchas.

FONTE: DIARIO POPULAR

Previous post Hacker descobre brecha no controle de vacinas da Fiocruz
Next post Os 10 principais motivos para usar a CipherTrust Data Discovery and Classification

Deixe um comentário