FBI prende homem que planejava explodir data center da AWS

Views: 168
0 0
Read Time:1 Minute, 41 Second

Ele foi acusado de tentar adquirir explosivos de um vendedor que na verdade era um agente do FBI disfarçado, em Fort Worth, no Texas

O FBI prendeu em Fort Worth, Texas, na última quinta-feira, um homem de 28 anos chamado Seth Aaron Pendley sob a acusação de tentar obter um explosivo de um agente do FBI disfarçado. Pendley foi apresentado ao tribunal federal na sexta-feira pela manhã. Segundo informações da justiça federal dos EUA, a investigação começou depois que um internauta contatou o FBI em 8 de janeiro preocupado com as declarações postadas no MyMilitia.com, um fórum dedicado à organização de grupos de milícias.

Segundo o internauta, um usuário que usava o apelido de “Dionísio” afirmou que estava planejando “realizar um pequeno experimento”, que “atrairia muito calor” e poderia ser “perigoso”. Quando outro usuário perguntou que resultado Dioniso desejava ele respondeu, “morte”.

No final de janeiro, Pendley começou a usar o aplicação de mensagens criptografadas Signal para se comunicar com uma fonte confidencial, de acordo com o departamento de justiça. A fonte disse aos investigadores do FBI que Pendley teria dito que pretendia usar explosivos C-4 para destruir as instalações da AWS na Virgínia, que supostamente abrigam serviços do FBI e de outras agências governamentais americanas. A fonte confidencial do FBI intermediou o contato entre Pendley e uma pessoa que ele afirmava ser um fornecedor de explosivos, mas era, na verdade, um agente infiltrado do FBI. Em 8 de abril, Pendley recebeu falsos explosivos do agente e ao mesmo tempo voz de prisão.

Uma busca subsequente na conta do réu no Facebook mostrou que ele havia se gabado de estar no Capitólio dos Estados Unidos em 6 de janeiro. Em mensagens privadas, ele teria dito a amigos que embora não tenha realmente entrado no edifício do Capitólio ele chegou à “plataforma”, de onde trouxe um pedaço de vidro de uma janela quebrada. Ele disse que nesse dia levou um rifle AR serrado mas deixou a arma em seu carro.

FONTE: CISO ADVISOR

Previous post 3 dicas para ajudar seus colaboradores a evitar malware por e-mail
Next post Ameaça de instalador automático pré-instalado encontrado em dispositivos móveis Android na Alemanha

Deixe um comentário