5 Coisas que seu CEO deveria saber sobre Cibersegurança

Views: 121
0 0
Read Time:5 Minute, 30 Second

5 Coisas que seu CEO deveria saber sobre Cibersegurança. A pior coisa que pode acontecer é não estar preparado para o pior.

Compreensivelmente, a maioria dos diretores executivos concentra-se no aspecto comercial da empresa. Seu principal objetivo é garantir que a empresa continue obtendo lucros e que tudo corra bem. Mas há uma coisa importante que a maioria dos CEOs ignora: a segurança cibernética.

Você pode pensar que se sua empresa for menor ou não tiver nada importante para roubar, você ficará desagradavelmente surpreso ao descobrir a verdade. Os hackers roubam informações, seja sua empresa uma grande empresa ou uma pequena empresa que vende em uma loja virtual.

A pior coisa sobre os ataques de hackers é que o custo médio de recuperação é de cerca de 2,5 milhões de dólares. A maioria das pequenas empresas com receita anual inferior a 1 milhão não consegue nem se recuperar disso. A reputação da empresa também sofre com prejuízos, por exemplo, ataque de hacker ao Uber em 2016 . A empresa relatou a perda de informações de mais de 57 milhões de usuários da rede Uber. Lembre-se disso ao trabalhar com segurança cibernética, e aqui estão 5 coisas a aprender.

1. Gerenciamento de riscos

Uma das melhores maneiras de evitar ataques de hackers é investir no gerenciamento de riscos. Não é novidade que qualquer empresa pode se tornar alvo de um ataque de hacker, mas algumas empresas são mais vulneráveis. Considere calcular os riscos de ser atacado por hackers. Sua empresa pode ser de grande interesse para hackers, por exemplo, se você tiver grandes bancos de dados de usuários com suas informações financeiras. Se você for atacado e as informações forem roubadas, sua reputação pode ser arruinada.

Considere o gerenciamento de risco de segurança cibernética para evitar ataques ou para poder se recuperar de ataques. O problema da maioria das empresas é que elas acreditam que os hackers são um bando de criminosos que atacam com ousadia. Não é verdade, a maioria dos hackers são como vírus, eles evoluem e se ajustam a qualquer circunstância, então você deve continuar otimizando sua segurança. As estatísticas mostram que as empresas que investem em gerenciamento de risco têm melhores chances de se opor aos ataques e se recuperar caso os ataques sejam bem-sucedidos.

2. Regulamentos de privacidade

Provavelmente, o melhor exemplo de regulamentos de privacidade é oferecido pela Lei Geral de Privacidade de Dados (LGPD) e o Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR) que embora seja implementada na Europa, ela protege os usuários e seus dados não somente em território Europeu, mas também abrange empresas e indivíduos fora da união Européia.

A implementação de tais regulamentações é ótima para proteger os dados e apresentar sua empresa como uma empresa respeitável e confiável. Cada vez mais organizações e governos implementam essas medidas. A sua empresa necessita de implementar estas medidas, especialmente se a sua empresa trabalhar com dados pessoais.

Por que implementar tais medidas é uma tarefa importante? Em primeiro lugar, você deve atender a todas as demandas da LGPD e da GDPR, a maioria delas relacionadas à cibersegurança e privacidade de dados. Portanto, não implementar essas medidas e ser atacado por hackers arruinará completamente sua reputação. 

3. Compliance

Algumas pessoas podem pensar que cumprir as leis e todos os regulamentos não tem nada a ver com segurança cibernética e é aí que estão erradas. Os governos trabalham na criação de leis e regulamentos que protegem indivíduos e organizações de ataques cibernéticos, portanto, atender às demandas é um passo importante para proteger sua empresa.

É uma obrigação para uma empresa respeitável, seja uma pequena loja virtual ou uma grande empresa. O compliance permite que sua empresa passe em todas as auditorias e você não terá problemas com seu governo ou com clientes que exijam que sua empresa atenda as regulamentações nacionais e do setor de atuação.

Pense nisso, se você for atacado e não cumprir os regulamentos, sua reputação ficará arruinada e estará sujeito a pesadas multas. Se você atendeu a todas as demandas, sua empresa pode até estar protegida o suficiente para resistir ao ataque. Mas se não, pelo menos você será capaz de se recuperar do ataque do hacker e minimizar os efeitos financeiros.

4. Danos à reputação

Por mais difícil que seja lidar com esse pensamento, sua empresa pode ser atacada com sucesso por hackers. Se o seu negócio atendeu a todas as demandas regulatórias e teve medidas sofisticadas implementadas, então seria mais fácil recuperar em termos de prejuízos financeiros. É algo que pode acontecer a qualquer empresa, pois os hackers tendem a se ajustar a quaisquer medidas de segurança implementadas pelas empresas. Mas as perdas financeiras não são a única coisa com que se preocupar.

A reputação é uma das coisas mais valiosas que sua empresa possui. Você pode se recuperar de perdas contanto que sua empresa tenha a confiança dos clientes. Mas no momento em que você perder seu bom nome, será muito difícil recuperar terreno. Você deve considerar a criação de uma abordagem para tratar os danos à reputação. É necessário reagir a esses ataques de reputação o mais rápido possível, ignorá-los não é uma opção.

5. Protegendo a Cadeia de Abastecimento

Conforme sua empresa cresce, a cadeia de suprimentos também cresce. É essencial verificar se todas as partes da cadeia podem se recuperar de ataques de hackers. Claro, é quase impossível evitar todos os ataques em sua cadeia, mas é importante ter certeza de que você está pronto para reagir a violações de segurança. Para o CEO é obrigatório trabalhar com o departamento de TI ou com especialistas em TI da sua empresa. O principal objetivo seria descobrir qual elo da cadeia é o mais fraco.

Se toda a cadeia de suprimentos estiver pronta para o ataque, será mais fácil defender sua empresa. E se o ataque acontecer, seus especialistas serão capazes de reagir rapidamente às violações e se recuperar do dano causado.

“The Bottom Line”

 Como CEO, é essencial considerar todos os aspectos do seu negócio. A segurança cibernética é um dos aspectos mais importantes a se considerar, especialmente considerando o nível de habilidade dos hackers modernos. Ataques de hackers podem acontecer a qualquer momento e alguns deles podem causar danos à sua empresa. Mas isso é algo que toda empresa pode enfrentar no futuro. Portanto, é importante ser capaz de reagir a ataques de hackers e se recuperar das perdas.

FONTE: MINUTO DA SEGURANÇA

Previous post Universidade de Stanford entra na lista de vítimas do ransomware Clop
Next post Veto de Bolsonaro atinge estatais que estão lucrando com venda de dados

Deixe uma resposta