Estudo mostra quais os apps mais invasivos no iOS

Views: 35
0 0
Read Time:1 Minute, 13 Second

Um estudo realizado pela empresa de segurança pCloud mostra quais os apps mais invasivos no iOS, considerando a coleta de dados pessoais dos usuários e seu compartilhamento com terceiros, ou uso para benefício próprio.

A informação é baseada em novos rótulos de privacidade que a Apple passou a exigir em todos os apps listados na App Store desde o início de dezembro. Ao utilizar um app como, digamos, o Facebook, o usuário concorda implicitamente com a coleta de dados pessoais.

Aviso de privacidade em um app da App Store.
Aviso de privacidade de um app na App Store. Imagem: App Store/Reprodução

E, para os anunciantes, com quem esses dados são frequentemente compartilhados, tudo pode ser valioso. Incluindo histórico de navegação, data de nascimento, localização, detalhes bancários (ex: em quais bancos o usuário tem conta e qual mais usa), contatos e até o nível de atividade física.

De acordo com o estudo, o app que mais compartilha dados dos usuários com terceiros é o Instagram, que entrega 79% das informações coletadas. Em segundo lugar vem o Facebook, com 57%, seguido pelo LinkedIn e Uber Eats (50%) e Trainline (43%).

Ranking dos apps que mais compartilham dados com terceiros
Ranking dos apps que mais compartilham dados com terceiros. Imagem: pCloud/Divulgação

Quando se trata de apps usando os dados coletados em benefício próprio, como para exibir seus anúncios em outras plataformas, ou promover compras dentro do app (IAP, In-App-Purchases), as posições se invertem: o Facebook lidera, mas está praticamente empatado com o Instagram.

FONTE: OLHAR DIGITAL

Previous post Ferramenta de IA detecta vídeos de deepfakes pelo reflexo da luz nos olhos
Next post 32% das empresas sofreram roubo de identidades digitais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *