Hackers ‘sequestram’ Kia e exigem resgate milionário em bitcoins

Views: 130
0 0
Read Time:1 Minute, 0 Second

Ataque cibernético está impedindo a comunicação entre a montadora sul-coreana e sua rede de concessionárias; valor pedido é de mais de R$ 100 milhões

Por AutoPapo

A Kia foi “sequestrada”! Um grupo de hackers assumiu o controle de alguns sistemas e estão exigindo 404,5833 bitcoins (mais de R$ 110 milhões) para devolvê-los a marca coreana. A informação é da publicação Bleeping Computer.

O ataque dos piratas virtuais está impedindo a comunicação entre a fabricante e os concessionários. Ainda segundo a publicação, caso o “resgate” não seja pago no prazo determinado, o valor irá subir para R$ 161 milhões (também em bitcoins).

A Kia não admite a situação, mas reconheceu a dificuldade de comunicação entre ela e sua rede.

“Também estamos cientes de especulações online de que a Kia está sujeita a um ataque de ‘ransomware’. No momento, podemos confirmar que não temos evidências de que a Kia ou quaisquer dados da Kia estejam sujeitos a um ataque de ‘ransomware’”, afirma a nota enviada a Bleeping Computer.

Em 2017, a Renault interrompeu a sua produção de carros na França após um ataque cibernético. Na mesma época, a Nissan também teve problemas, mas no Reino Unido.

FONTE: AUTOPAPO

Previous post Ataques a equipamentos usados em casa cresceram 210% em 2020
Next post MP de Paris abre investigação após grande vazamento de dados privados sobre a saúde dos franceses

Deixe um comentário