Thales – Transformação digital: O que está previsto para 2021?

Views: 85
0 0
Read Time:2 Minute, 54 Second

Sem dúvidas, 2021 será um ano desafiador, pois as prioridades das empresas serão impactadas por fatores externos. É o caso do confinamento causado pela Covid-19. O ano passado foi crucial para as organizações, que tiveram de se adaptar rapidamente a um novo ambiente, usar a tecnologia para transformar e personalizar experiências e necessidades, melhorar os resultados de negócios e otimizar operações e custos.

O confinamento foi o gatilho para um mundo remoto e móvel, nos obrigou a digitalizar de forma acelerada, e a tecnologia tornou-se uma aliada indispensável.

Ouvimos muito sobre transformação digital, nuvem, mobile banking, tecnologia biométrica, 5G, mas o que não estava muito claro é a rapidez com que entrariam em nossas vidas e os desafios que surgiriam.

Diante desse cenário, os profissionais de TI continuarão a investir e fortalecer a segurança de suas plataformas para oferecer um serviço seguro. Somente na América Latina, 59% das organizações esperam aumentar seu orçamento para segurança cibernética nos próximos 3 anos(1).

Na Thales, identificamos 5 tendências que estão previstas para 2021:

1. A identidade digital terá grande relevância
Ao continuar com o trabalho remoto, os recursos de identidade digital se tornarão o grande equalizador na luta contra a fraude. Os serviços financeiros, saúde, governo, tecnologia móvel e outros setores precisarão construir e manter a confiança, à medida que as violações de dados continuam regularmente e os requisitos de conformidade regulatória se tornam mais rigorosos.

2. Proteção de dados 
Os consumidores continuarão a aumentar a conscientização sobre a importância de seu direito à privacidade. As empresas aproveitarão as vantagens das tecnologias de busca e classificação de dados para encontrar dados sensíveis em todos os ambientes, e criptografia, para proteger informações confidenciais e combater o crime cibernético.

3. Proteger-nos contra o crime cibernético 
Como é muito comum, os cibercriminosos aproveitam qualquer tipo de situação para atacar. O mundo inteiro enfrenta uma pandemia, e o crime cibernético aumentou de forma alarmante, paralisando órgãos públicos, escolas e empresas. Infelizmente, uma das maiores ameaças deste novo ano será devastadora: as Nações Unidas estimam que o cibercrime organizado custará à economia global cerca de USD 5,2 trilhões deste ano a 2025.

4. Liderar a luta contra hackers 
Em 2021, as empresas finalmente liderarão a luta contra os hackers e assumirão uma posição ofensiva ao usar tecnologia enganosa para definir armadilhas de forma proativa e permitir o acesso a dados falsos para impedir os invasores. Essas táticas, com a autenticação multifatorial e os controles aplicados ao gerenciamento de acesso, irão dominar.

5. A computação quântica terá um avanço significativo
A corrida pela supremacia quântica está em andamento, com grandes participantes como Amazon, Google, IBM, entre outros, investindo fortemente em pesquisa e desenvolvimento. Os avanços feitos em 2020 irão impulsionar o ritmo de 2021. Considerada universalmente como uma das ameaças mais significativas da história à segurança cibernética, a computação quântica nas mãos de pessoas mal-intencionadas colocará em risco dados protegidos por métodos convencionais de criptografia atuais. Empresas que detêm os dados mais confidenciais do mundo não têm tempo a perder na implementação de planos que utilizem algoritmos resistentes à computação quântica nos produtos de segurança de dados que adotaram.

Apesar de 2020 ter claramente chocado a todos nós, uma tendência ficou evidente: a inovação continuou a prosperar. Um brinde a um emocionante 2021, e esperamos ansiosamente para ver o plano de segurança cibernética ser levado adiante e as áreas tecnológicas que estamos monitorando há algum tempo finalmente começarem a tomar forma.

FONTE: DEFESANET

Previous post Considerações para Evoluir para Segurança Baseada em Inteligência
Next post Dobram ataques a instituições de combate à pandemia

Deixe um comentário