Falha no WhatsApp Web expõe número de telefone de usuários na internet

Views: 122
0 0
Read Time:1 Minute, 37 Second
Essa é a terceira vez que um problema do tipo atinge os usuários do aplicativo – e não vem em bom momento para o WhatsApp

Uma falha na versão web do WhatsApp expôs os números de telefone de diversos usuários na internet desde a última sexta-feira, 15. Segundo o pesquisador independente indiano Rajshekhar Rajaharia, que encontrou o problema, os números podem ser encontrados com uma pesquisa simples no Google – aumentando a lista de problemas para o app de mensagens.

Essa é a terceira vez que um problema do tipo atinge os usuários do aplicativo. Segundo Rajaharia, o WhatsApp está usando um arquivo “robots.txt” e uma configuração para “desautorizar tudo”, o que, tecnicamente, deveria impedir a indexação dos números telefônicos no Google, o que não está acontecendo.https://platform.twitter.com/embed/index.html?creatorScreenName=exame&dnt=true&embedId=twitter-widget-0&frame=false&hideCard=false&hideThread=false&id=1350045483360653312&lang=pt&origin=https%3A%2F%2Fexame.com%2Ftecnologia%2Ffalha-no-whatsapp-web-expoe-numero-de-telefone-de-usuarios-na-internet%2F&siteScreenName=exame&theme=light&widgetsVersion=ed20a2b%3A1601588405575&width=500px

Para Rajaharia, isso significa que o app não está monitorando o que o mecanismo de pesquisas está indexando, o que deixa dados sensíveis mais vulneráveis a vazamentos como o que está ocorrendo.

O momento não poderia ser pior para o WhatsApp. Isso porque, na semana retrasada, um anúncio de uma mudança na política de privacidade do aplicativo fez com que boa parte dos usuários saíssem em debandada do app para procurar opções mais seguras.

No dia 6 de janeiro, foi anunciado que o aplicativo passaria a compartilhar dados com o Facebook – que controla a empresa desde 2014. No entanto, o WhatsApp voltou atrás pouco tempo depois. A política, que se tornaria obrigatória a partir do dia 8 de fevereiro, passará a ser mandatória somente em 15 de maio. 

FONTE: EXAME

Previous post LGPD na volta às aulas: por que pais e escolas devem ficar atentos ao tema?
Next post Ataque está recrutando máquinas Linux para IRC botnets

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *