Após ataque de hackers, site da Cemig segue fora do ar há dois dias; saiba como ser atendido

Views: 132
0 0
Read Time:2 Minute, 6 Second

Fora do ar por conta de ataque de hackers, desde sexta-feira (25), os canais de atendimentos on-line da Cemig ainda não têm previsão de voltar ao normal. Segundo a companhia, enquanto o site estiver instável, os consumidores devem utilizar o telefone 116.

Conforme nota divulgada pela empresa, o núcleo de operação de segurança identificou “um comportamento anômalo na rede interna, com características de um ataque malicioso em ransomware” (que seria um tipo de software que infecta determinado computador e exibe mensagens, exigindo pagamento para fazer o sistema voltar ao normal).

A companhia ressaltou, no entanto, que menos de 10% dos servidores tiveram o conteúdo criptografado e a “operação do sistema elétrico e as principais bases de dados (clientes, faturamento, atendimento e gestão empresarial) não foram comprometidas”.

Segundo a nota, a empresa não foi contatada por supostos autores do ataque nem houve vazamento de dados dos clientes. Afirmou, ainda, que as autoridades já foram notificadas e atuam no caso.

Procurada pela reportagem do Hoje em Dia, a Cemig não informou se há uma previsão de retorno dos atendimentos.

Leia a íntegra da nota divulgada pela Cemig:

“Belo Horizonte, 26 de dezembro de 2020

A Cemig informa que no dia 25 de dezembro de 2020 foi detectado pelo SOC (núcleo de operação de segurança) um comportamento anômalo na rede interna, com características de um ataque malicioso de ransomware.

Imediatamente foram acionadas as equipes responsáveis para a correta detecção do ataque e subsequente adoção das medidas de contenção.

Menos de 10% dos servidores na plataforma Windows/Microsoft Hyper-V tiveram seu conteúdo criptografado. Estações de trabalho também foram parcialmente comprometidas e estão em processo de verificação.

Importante destacar que, graças à ação rápida e eficaz de contenção realizada pela Cemig, a operação do sistema elétrico e as principais bases de dados (clientes, faturamento, atendimento e gestão empresarial) não foram comprometidas, garantindo, assim, a prestação de serviços aos nossos clientes.

 Estão em curso diversas ações para identificação da origem e consolidação da contenção para a recuperação gradual dos ambientes comprometidos.

 Ressaltamos que não fomos contatados por qualquer suposto autor do ataque, que não houve vazamento de dados dos clientes e que as autoridades competentes já foram notificadas e estão atuando no caso.

Caso necessitem solicitar algum serviço, orientamos os clientes a ligarem para o número 116. Os outros meios de comunicação serão restabelecidos tão logo a Cemig se certifique do restabelecimento da segurança dos ambientes comprometidos.

CEMIG- Companhia Energética de Minas Gerais”

FONTE: HOJE EM DIA

Previous post Proteção de dados deu passos significativos no Brasil em 2020
Next post Uma nova falha do SolarWinds provavelmente permitiu que hackers instalassem o malware SUPERNOVA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *