Festival de Cinema de Brasília sofre ataque hacker durante mesa feminina

Views: 115
0 0
Read Time:47 Second

A Secretaria de Cultura repudiou o episódio e tomou providências técnicas para evitar novos ataques

Hackers se aproveitaram do formato inédito do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, que este ano ocorre na tevê e na web, por causa da pandemia de Covid-19, para exibir mensagens pornográficas, sexistas e homofóbicas durante a programação.

O episódio ocorreu na quarta-feira (16/12) na exibição da mesa Mulheres no Front, que integra as atividades paralelas do festival. No debate, as documentaristas brasileiras Carmem Luz, Camila Freitas e Lucia Murat discutiam o cinema político esob a ótica feminina, com mediação de Beth Formagini, quando os ataques começaram.

A transmissão, aberta ao público na plataforma Zoom, foi interrompida imediatamente e retomada minutos depois em uma sala privada. “Queria deixar claro para esses agressores que aqui nos somos mulheres no front. Eles não vão nos calar. Mas não vão mesmo”, iniciou Beth, na nova transmissão.

FONTE: METRÓPOLES

Previous post Hackers acessaram redes de órgão responsável por arsenal nuclear dos EUA, diz site
Next post Zero Trust: a cura para a VPN comum

Deixe um comentário