Novo golpe do WhatsApp prometia acesso a cartões com crédito do Carrefour

Views: 108
0 0
Read Time:2 Minute, 33 Second

O WhatsApp segue sendo uma das principais fontes de informações falsas em larga escala, tanto que diversos golpes são aplicados rotineiramente através do mensageiro. Recentemente um novo tipo de corrente virou notícia, pois começaram a espalhar que o Carrefour estava realizando a distribuição de cartões com dinheiro a ser gasto na rede de hipermercados.

A informação foi compartilhada com o público pela empresa de segurança ESET, que já possui bastante tempo de mercado na luta contra cibercriminosos, relatando a aplicação que foi a nível internacional, já que o site usado para o resgate falso foi traduzido do inglês para o português.

Na prática, a vítima recebia uma mensagem falando que o Carrefour estava disponibilizando 500 cartões com crédito já inserido, totalizando US$ 19.800 (~R$ 106.640) durante o mês de aniversário da rede de mercados multinacional.

À primeira vista já é possível visualizar que o site de coleta dos dados não é o mesmo onde é possível realizar compras online, algo que já levanta o alerta e exigiria uma maior atenção dos usuários.

Um indício nítido do golpe é visto quando se atenta ao contador de cartões disponíveis, pois, se atualizar o site, a contagem sobe novamente, mostrando que não há um registro oficial desse público na “promoção”.Golpe do cartão Carrefour via WhatsApp (Imagem: ESET)

apesar de ter uma clara descrição de golpe, não existem relatos que confirmem um roubo de dados, algo que poderia indicar uma prática de teste para futuros alcances maiores, algo que afetaria mais gente do que esta aplicação preliminar conseguiu.

“Durante a análise, não detectamos nenhuma tentativa de instalação de qualquer tipo de código malicioso nos dispositivos. Por outro lado, detectamos que a campanha se dirige não só aos países onde se fala espanhol, mas que seu alcance é maior, já que existe uma versão da mensagem do WhatsApp em outros idiomas”, comenta Luis Lubeck, especialista de Segurança da Informação da ESET América Latina.

Este novo golpe se junta a uma lista bem grande de links desconexos que praticam phishing e outras ações que afetam diretamente quem clica nesses links maliciosos.Dicas ESET para evitar golpes

  • Fique atento e aprenda a reconhecer esses tipos de mensagens fraudulentas antes de clicar ou compartilhar. Recomenda-se levar alguns segundos para revisar a URL da mensagem em detalhes e verificar se é legítima, fazer uma pesquisa no site oficial para verificar se o benefício é mencionado ou se há mais informações sobre a promoção;
  • Desconfie de ofertas muito boas e que chegam por meios não oficiais. Lembre-se de que as empresas costumam divulgar ofertas e promoções por meio dos canais oficiais, seja no site ou nas redes sociais;
  • Evite clicar em links suspeitos, mesmo que venham de um contato conhecido. As campanhas são frequentemente distribuídas graças aos próprios usuários que compartilham a mensagem com seus contatos;
  • Instale uma solução de segurança em cada um dos dispositivos conectados à Internet que utilizar, mantenha os dispositivos atualizados e evite compartilhar informações, links ou arquivos sem ter certeza de sua origem.

FONTE: TUDO CELULAR

Previous post Vazamento de dados da Enel atinge quase 290 mil clientes de Osasco (SP)
Next post EUA fazem acordo com hacker que roubou R$ 5 bilhões em Bitcoin

Deixe um comentário