Crescimento agressivo em ransomware e aumento em ataques de IoT

Views: 151
0 0
Read Time:1 Minute, 30 Second

Pesquisa da SonicWall mostra que o Ryuk Ransomware foi o responsável por um terço de todos os ataques de ransomware em 2020

Os pesquisadores de ameaças do SonicWall Capture Labs divulgaram hoje pela manhã o relatório de inteligência de ameaças do terceiro trimestre de 2020, com dados coletados pelos mais de 1 milhão de sensores de segurança da empresa espalhados pelo mundo. As descobertas acumuladas até setembro de 2020 destacam o uso crescente de ransomware, ameaças criptografadas e ataques que utilizam portas não-padrão pelos criminosos cibernéticos, enquanto o volume geral de malware diminui pelo terceiro trimestre consecutivo.

As principais descobertas do SonicWall Capture Labs foram as seguintes:

  • Queda de 39% em volume de malware detectado (4,4 bilhões no acumulado do ano); volume caiu pelo terceiro trimestre consecutivo
  • Aumento de 40% em ransomware global (199,7 milhões)
  • Aumento de 19% nas tentativas de intrusão (3,5 trilhões)
  • Aumento de 30% no malware de IoT (32,4 milhões)
  • 3% de crescimento de ameaças criptografadas (3,2 milhões)
  • Aumento de 2% em criptojacking (57,9 milhões)

Embora os autores de malware e criminosos cibernéticos ainda estão ocupados trabalhando para lançar ataques cibernéticos sofisticados, a pesquisa da SonicWall conclui que o volume global de malware continua diminuindo continuamente em 2020. Em uma comparação ano a ano durante o terceiro trimestre, Os pesquisadores da SonicWall registraram 4,4 bilhões de ataques de malware – uma queda de 39% em todo o mundo.

Notavelmente, os pesquisadores da SonicWall observaram um aumento significativo nas detecções de ransomware Ryuk em 2020. No terceiro trimestre de 2019, a SonicWall detectou apenas 5.123 ataques de Ryuk. Durante o terceiro trimestre de 2020, a SonicWall detectou 67,3 milhões de ataques de Ryuk – um terço (33,7%) de todos os ataques de ransomware neste ano.

FONTE: CISO ADVISOR

Previous post Mais de 5 bilhões de informações de e-mail e senhas foram vazados em 2020
Next post Investigamos | Criminosos personificam marcas no Instagram para sequestrar perfis no WhatsApp

Deixe um comentário