Hackers ligados ao Governo da China tentaram invadir os servidores do Google no maior ataque digital da história

Views: 49
0 0
Read Time:1 Minute, 26 Second

Google revela detalhes do maior ataque DDoS da historia e que teria sido executado por hackers ligados ao governo da China

O Google revelou recentemente que hackers supostamente ligados ao Governo da China teriam sido responsáveis pelo maior ataque DDoS da história.

Segundo a gigante mundial da internet, o ataque teria sido executado pelo grupo hacker APT31 e o objetivo era derrubar os servidores da companhia.

O ataque, revelado somente agora pela rede social, ocorreu em 2017 e envolveu nada menos do que 2,5 Tbps de dados atingindo os servidores da companhia.

Ainda segundo revelações do Grupo de Análise de Ameaças da companhia, o ataque durou cerca de 6 meses a partir de diferentes métodos que miravam variados serviços da companhia, muitas vezes de forma simultânea.

De acordo com o Google, os ataques buscavam prejudicar a empresa em todo o mundo.

Malware

Não há provas de que o APT 31 seja um grupo hacker patrocinado pelo Governo da China, contudo, os hackers também são acusados de atacar contas de e-mail de funcionários de campanha do presidente Donald Trump em busca favorecer o indicado democrata Joe Biden.

Ainda em 2020, os hackers do APT31 foram responsáveis por uma campanha de malware que fingia ser o provedor de antivírus McAfee usando serviços online legítimos como GitHub e Dropbox.

O malware foi construído usando a linguagem de computação Python e “permitiria ao invasor fazer upload e download de arquivos, bem como executar comandos arbitrários” por meio dos serviços de armazenamento em nuvem do Dropbox.

Desta forma, os hackers poderiam executar diversas ações nos dispositivos infectados, desde mineração maliciosa até roubo de credenciais de acesso a plataformas de bitcoin.

FONTE: COINTELEGRAPH

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *