INTERPOL lembra ao público que #OnlineCrimeIsRealCrime

Views: 94
0 0
Read Time:2 Minute, 26 Second

Nova campanha conscientizará sobre as principais ameaças cibernéticas e como se manter segura

CINGAPURA – A maioria de nós toma o cuidado de nos proteger de crimes físicos no mundo ‘real’, mas nem sempre tomamos as mesmas precauções contra crimes virtuais no mundo online.

Embora crimes como roubo e agressão sejam algo que podemos ver, o crime cibernético é em grande parte invisível, levando muitas pessoas a subestimar seus danos reais – ou a probabilidade de se tornar uma vítima. Mas os efeitos do crime cibernético podem ser tão devastadores quanto os crimes físicos, com uma série de perigos potenciais escondidos online.

Além disso, as vítimas de crimes cibernéticos nem sempre percebem que devem denunciar esses crimes à polícia da mesma forma que fariam se, por exemplo, sua casa fosse roubada, já que eles realmente não presenciam o roubo ou o culpado.

#OnlineCrimeIsRealCrime

Através de uma nova campanha de conscientização pública lançada hoje, a INTERPOL está enviando a mensagem de que #OnlineCrimeIsRealCrime e deve ser considerada com a mesma seriedade que qualquer outro tipo de crime.

A campanha informará o público sobre as principais ameaças cibernéticas e como localizá-las, e fornecerá conselhos gerais de segurança cibernética para ajudar a minimizar o risco de se tornar uma vítima.

Cada uma das próximas seis semanas será dedicada a um determinado tema de crime online, usando os canais de mídia social da INTERPOL para compartilhar as principais mensagens através de posts, gráficos e vídeos. Os seguintes crimes online, que foram identificados como as principais ameaças globais, serão cobertos:

• Phishing;

• Ransomware;

• Sextorção;

• Cryptojacking;

• Fraude de compromisso de e-mail de negócios (BEC);

• Crimes online contra crianças.

Dicas gerais de higiene cibernética serão incorporadas ao longo da campanha, oferecendo conselhos simples e práticos para proteger a si mesmo, dispositivos e contas online contra cibercriminosos.“Mesmo a pessoa mais experiente em Internet pode cair nos truques de um cibercriminoso, por isso é importante que todos mantenham a guarda ao navegar no mundo virtual”, disse Craig Jones, diretor de crimes cibernéticos da INTERPOL.

“Mas talvez a mensagem mais importante de todas: crime online é crime real, então se você se tornar uma vítima, denuncie à polícia imediatamente como você faria com qualquer outro crime”, concluiu.

A campanha de conscientização está sendo conduzida sob o guarda-chuva do projeto de capacitação Cyber Americas II da INTERPOL, com expertise fornecida pelo programa de crimes cibernéticos da INTERPOL. O Projeto Américas Cibernéticas, lançado em 2018, é financiado pelo Governo do Canadá e tem como objetivo melhorar as capacidades de combate a crimes cibernéticos em 35 países beneficiários da América Latina e caribe por meio de treinamento especializado para iniciativas de aplicação da lei e prevenção.

As agências de aplicação da lei em toda a região das Américas e em todo o mundo, bem como as principais empresas de cibersegurança, compartilharão as mensagens da campanha usando a hashtag #OnlineCrimeIsRealCrime para alcançar o maior público possível.

FONTE: INTERPOL

Previous post 14 Gateway de API de código aberto e gerenciado para aplicações modernas
Next post Anunciando a Thales HSM backup de criptografia de chave dupla para o Microsoft Office 365 – o melhor dos dois mundos

Deixe um comentário