O que o monitoramento das redes pode fazer pelo bem das empresas?

Views: 31
0 0
Read Time:2 Minute, 11 Second

No estudo State of the Network, realizado com mais de 400 profissionais de TI pela VIAVI, 73% dos participantes concordaram que os times de segurança precisam de melhor visibilidade sobre a rede para proteger as empresas das crescentes ameaças

*Por Marcelo Bragança

Quando as empresas planejam a arquitetura de suas redes, basicamente levam em conta as demandas que tiveram nos últimos tempos e somam ao crescimento e mudanças esperados para o futuro. Porém, quando são pegas de surpresa por situações inesperadas como a que vivemos agora, são obrigadas a analisar e repensar toda a sua infraestrutura em tempo recorde e com poucos espaços para erros.

As recentes mudanças causadas pela pandemia trouxeram desafios de desempenho e segurança para as redes, como aumento na demanda por VPNs, limitação da largura de banda, problemas no desempenho de aplicativos e aumento das vulnerabilidades de segurança, como phishings e ransomwares. Por isso, nunca foi tão importante fazer o monitoramento completo e profundo das redes.

No estudo State of the Network, realizado com mais de 400 profissionais de TI pela VIAVI, 73% dos participantes concordaram que os times de segurança precisam de melhor visibilidade sobre a rede para proteger as empresas das crescentes ameaças. Nos primeiros seis meses de 2020 os casos de ransomware aumentaram 72% e devem chegar a 20 mil casos até o fim do ano, de acordo com levantamento da Skybox Security. Isso pode significar perdas de milhões de dólares para as companhias.

Outro ponto observado na pesquisa é que as equipes de TI estão começando a reconhecer que a experiência do usuário final é o indicador final de quão bem os serviços estão sendo entregues. E a rede pode fornecer informações importantes, como dados baseados em fluxo para entender como está sendo essa experiência. Por isso, é essencial que uma organização tenha ferramentas e métodos confiáveis para recuperar esses insights. Além disso, à medida que mais aplicativos passam para a nuvem, a TI precisa manter uma visibilidade adequada sobre o desempenho desse serviço.

É quase um consenso entre os profissionais de tecnologia que o monitoramento das redes é fundamental. Ele não só previne falhas que podem causar prejuízos enormes, como fornece informações valiosas para as equipes. Dessa forma soluções de analytics, monitoramento fim a fim e plataformas integradas se tornam tecnologias essenciais para adaptação e crescimento das empresas. Em um momento em que as mudanças são constantes e imprevisíveis, um monitoramento profundo e detalhado das redes pode evitar problemas e, além disso, fornecer dados para guiar investimentos futuros.

Marcelo Bragança é diretor de vendas para Brasil e América Latina da VIAVI Solutions

FONTE: IP NEWS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *