Clube de futebol fica refém de hackers que pedem R$ 19 milhões em bitcoin

Views: 197
0 0
Read Time:2 Minute, 4 Second

Os ataques de ransomware estão ficando bem comuns e o uso das criptomoedas nesse tipo de golpe é algo quase que nativo. O Centro Nacional de Cibersegurança do Reino Unido (NCSC, na sigla original) emitiu um alerta para times de futebol, já que foi notado um aumento no risco dessas entidades de sofrerem ataques de phishing e de ransomware.

O alerta foi feito através de um documento que também exemplificou os riscos com um caso recente de um clube inglês cujo o nome não foi mencionado. O ataque de ransomware causou prejuízo de centenas de milhares em libras para o clube.

O ataque aconteceu no começo dessa semana, quando um clube da Liga de Futebol da Inglaterra (EFL) foi atingido por uma campanha de ransomware por um grupo de hackers.

Como em outros ataques do tipo, os dados importantes do clube foram todos criptografados e um valor de 400 Bitcoins (cerca de R$ 19 milhões na cotação atual) foi o valor do resgate.

O ransomware criptografou dados importantes relacionados a segurança do sistema corporativo, além de ter comprometido o sistema como um todo. Mesmo com a ameaça, o clube não pagou o valor pedido e o ataque acabou gerando os prejuízos já mencionados.

Exemplo de ataque ransomware.
Ainda de acordo com o documento da NCSC, a infecção pode ter tido origem a partir de um e-mail infectado em um ataque de phishing ou por uma invasão ao sistema de circuito fechado do estádio do clube.

A agencia apontou que “Vários servidores também foram infectados, deixando o clube impossibilidade de usar o e-mail corporativo.”.

Por fim, o documento alerta que, com os clubes de futebol voltando a funcionar aos poucos, a cibersegurança deve ser uma preocupação a ser considerada.

“Enquanto a cibersegurança pode não ser uma consideração óbvia para o setor esportivo enquanto é considerado um retorno, nossa pesquisa mostra que o impacto de cibercriminosos que estão apostando nesse setor é algo bem real.”

Em um tuíte recente, a organização também pediu para que os clubes de futebol fortalecessem a sua segurança cibernética.

Ransomware é uma grande ameaça moderna
Recentemente o número de golpes e ataques hackers vem aumentando e cada vez mais ganhando notoriedade pelo tamanho dos ataques.

No começo dessa semana (19) a maior provedora de internet da Argentina, a Telecom Argentina, foi vítima de um ataque de ransomware que exigia Monero no pedido de resgate.

Até mesmo grandes montadoras tiveram momentos de pausa por causa desse tipo de ataque.

FONTE: LIVECOINS

Previous post Cibereconomy: EU-US Privacy Shield – A decisão que abalou as empresas de tecnologia dos EUA
Next post Ex-funcionários do Twitter dizem que mais de mil pessoas tinham acesso a ferramentas invadidas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *