FBI deve investigar ataque hacker no Twitter

Views: 56
0 0
Read Time:1 Minute, 51 Second

ataque hacker ao Twitter na quarta-feira (15), que espalhou golpes envolvendo bitcoin por meio de contas populares, está chamando a atenção das autoridades americanas: o Federal Bureau of Investigation (FBI) já teria iniciado uma investigação sobre o caso, de acordo com jornais.

Com base em duas fontes, a agência de notícias Reuters informa que o departamento de investigação dos Estados Unidos “está liderando uma investigação federal sobre o hacking no Twitter”. O Wall Street Journal corrobora a informação, citando “preocupações crescentes de que a vulnerabilidade dos sistemas da empresa possa representar riscos mais amplos à segurança internacional”.

Oficialmente, o FBI diz que está ciente do ataque hacker ao Twitter, mas não discute possíveis investigações em andamento. O Wall Street Journal afirma que a diretora de pesquisa da empresa de segurança Unit 221b, Allison Nixon, foi contatada pelo FBI ainda na quarta-feira (15) a respeito do ataque. Já a empresa de análise de blockchainChainalysis teria sido procurada por “várias agências federais de aplicação da lei”.

Segundo o Twitter, investigações iniciais da companhia indicam que houve um “ataque coordenado de engenharia social por pessoas que tiveram êxito em atingir alguns de nossos funcionários com acesso a ferramentas e sistemas internos”. Essas ferramentas permitiram que o hacker tomasse o controle de contas de alta visibilidade e publicasse mensagens fraudulentas envolvendo bitcoin.

Twitter / Bill Gates

As mensagens foram enviadas a partir de contas com milhões de seguidores e com o selo de verificação do Twitter, como as dos empresários Elon Musk e Bill Gates, do ex-presidente americano Barack Obama e do candidato à presidência Joe Biden. O ataque colocou dúvidas quanto às permissões que funcionários do Twitter têm em acessar dados sensíveis dos usuários da rede social.

“E isso faz você imaginar quais são as contingências que a empresa implementou no caso de um dia ser invadida não por gananciosos do bitcoin, mas por atores patrocinados por estados ou psicopatas. Depois de hoje, não é mais impensável, se é que um dia realmente foi, que alguém acesse a conta de um líder mundial e tente iniciar uma guerra nuclear”, diz o jornalista Casey Newton na newsletter The Interface.

FONTE: TECNOBLOG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *