Ação do Twitter caiu após ataque hacker, FBI no caso

Views: 44
0 0
Read Time:2 Minute, 42 Second

Os últimos dois dias não tem sido fáceis para a equipe de desenvolvedores do Twitter, que sofreu um grande ataque hacker. Após a vulnerabilidade, a ação do Twitter, listada na Nasdaq, caiu de valor.

Tudo começou na última quarta (15), quando a empresa foi atingida por um hacker usando engenharia social em funcionários de alto escalão. Dessa forma, com acessos privilegiados ao sistema, os hackers postaram pedidos de doações em Bitcoin, usando perfis com milhões de seguidores.

Alguns deles, como Elon Musk, Bill Gates, entre outros, estariam pedindo doações para uma suposta ONG. Contudo, não passava de mais uma engenharia social utilizada pelo hacker, que poderia acarretar sérios prejuízos.

Listada na Nasdaq, a ação do Twitter caiu após novas notícias do ataque hacker

Na última quarta, o Twitter não imaginava o que estava por vir em seu caminho, com um grande escândalo. Isso porque, no meio da tarde, uma série de postagens começaram a ser realizadas por perfis de personalidades da rede social.

Dentre alguns perfis afetados, estava o do ex-presidente Barack Obama, e de vários candidatos à eleição em 2020. Um deles, inclusive, é o perfil de Joe Biden, principal concorrente de Donald Trump no pleito dos próximos meses.

Ao ver a situação, os acionistas do Twitter passaram a vender suas participações na empresa. De fato, a ação do Twitter deu um retorno de 9% apenas em 2020 para seus acionistas, com um bom desempenho, mesmo com a crise do novo coronavírus.

Contudo, nos últimos cinco dias, a ação do Twitter caiu mais que 1%, principalmente após a última quarta. A ação TWTR é listada na Nasdaq, nos EUA, e a empresa tem mais que 4900 funcionários, sendo uma grande operação dessa rede social.

O CEO do Twitter, Jack Dorsey, que é fã declarado do Bitcoin, lamentou o caso e chamou de muito triste. Pela rede social, está proibido trocar a senha até que as investigações terminem, assim como publicar qualquer mensagem utilizando endereço de Bitcoin nela. As medidas são para conter novas violações até que a investigação seja concluída.

FBI está liderando as investigações do caso hacker no Twitter

Se o(s) hacker(s) que invadiu o Twitter, e usou os perfis de várias famosos, queria atenção, ele conseguiu. Isso porque, de acordo com a Reuters, o FBI está liderando as investigações sobre essa brecha no sistema da rede social.

O FBI teria se envolvido após o hacker utilizar perfis de candidatos a eleição dos EUA, o que não poderia ter acontecido. Em nota exclusiva para a Reuters, o FBI disse que os hackers fizeram isso apenas para perpetuar fraudes com criptomoedas.

Uma edição da Fox Business declarou que os hackers levaram 13 Bitcoins no golpe, ou seja, U$ 110 mil. O valor, entretanto, é considerado baixo, uma vez que pelo menos 400 milhões de pessoas podem ter visto as postagens falsas no Twitter, considerando a quantidade de seguidores dos perfis.

Para Joseph Young, um analista de criptomoedas, o dinheiro roubado está sendo rastreado por autoridades. Como o Bitcoin realiza transações públicas, será muito difícil para o hacker gastar essas moedas. Além disso, corretoras como a Binance, por exemplo, já anunciaram que não irá aceitar depósitos vindo deste endereço.

FONTE: LIVECOINS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *