Cinco dicas para gerenciar fraudes em um mundo online

Views: 195
0 0
Read Time:3 Minute, 38 Second

Renato Rocha, VP e Head de soluções para comerciantes e adquirentes América Latina e Caribe da Visa aborda e lista algumas dicas em seu artigo de como estabelecimentos comerciais podem gerenciar fraudes à medida que o e-commerce cresce de forma acelerada

A rápida migração para o comércio digital ocorrida nos últimos meses veio acompanhada de um aumento significativo nas fraudes online. No primeiro trimestre, as tentativas de fraude representaram mais de um quarto de todas as transações no mundo.

Equilibrar corretamente a aceitação de transações – para expandir suas receitas e proporcionar uma boa experiência para seus clientes – e gerenciar o risco de fraude, não é tarefa fácil. Empresas do mundo todo estão sendo forçadas a se adaptar para atender clientes online – e um elemento fundamental dessa transformação é habilitar as ferramentas certas de e-commerce, sempre mantendo uma experiência segura. Os fraudadores mais experientes sabem que algumas empresas tendem a relaxar suas estratégias de combate à fraude quando as equipes de análise de fraude e vendas estão trabalhando além da capacidade. E esse período será crítico, pois os fraudadores vão tentar explorar essa possível vulnerabilidade – por isso se faz tão necessário criar uma estratégia de gerenciamento de fraude completa o quanto antes.

Pensando nisso, enumero a seguir algumas dicas de gerenciamento de fraude que podem ajudá-lo a planejar e executar suas estratégias:

• Seja proativo com a dupla autenticação: muitas das novas contas vinculadas ao mesmo perfil de usuário foi aberta ao mesmo tempo. Isso cria oportunidades de fraude, com contas que parecem legítimas após terem ficado dormentes por um período. A partir do momento em que uma conta se torna legítima no sistema de um estabelecimento comercial, ela passa a ser uma fonte de fraude. Peça para os clientes fornecerem um e-mail ou celular secundário para ajudar a confirmar a criação da conta e suas compras. Além disso, considere analisar o histórico de compras da conta.

• Crie defesas contra o teste de cartão: para os criminosos, o teste de cartão pode ser uma forma eficaz de descobrir se as credenciais de cartão roubadas são válidas. As pequenas e médias empresas costumam ser alvo desse tipo de ataque. Os fraudadores estão cada vez mais sofisticados e usam scripts gerados por computadores para testar milhares de credenciais simultaneamente. Certifique-se de que suas páginas de checkout e adição de cartões (ou qualquer outra página em que haja validação de cartões), contam com tecnologias para detectar e evitar que scripts automáticos submetam transações. Algumas dessas tecnologias preventivas incluem firewalls para detecção básica de botnets e CAPTCHAs, um desafio visual criado para distinguir humanos de scripts automatizados.

• Monitore a tomada de controle de contas: os fraudadores vão mirar modelos card-on-file e tentar assumir o controle de contas recém-criadas ou dormentes com credenciais salvas para fazer compras fraudulentas. Fique atento a alterações recentes no endereço de entrega ou a um aumento no número de pedidos realizados com contas antigas e dormentes.

• Confira os detalhes de entrega: os fraudadores começaram a manipular os endereços de entrega na página de checkout ou a enviar os produtos a casas desocupadas ou prédios novos, passando depois para pegar os pacotes deixados na porta. Fique atento aos detalhes e complementos dos endereços de entrega que podem ser usados para redirecionar os pacotes, burlando as estratégias de risco ou regras de velocidade que só analisam a primeira linha do endereço.

• Habilite entregas sem contato: hoje, muitos parceiros de entrega fazem entregas sem contato para proteger seus entregadores e clientes, o que pode resultar em disputas relativas a ‘produtos não recebidos’. Caso você entregue seus próprios produtos, tire uma foto ou registre de alguma forma, para comprovar a entrega e se defender de alegações de que os produtos não foram entregues.

Nunca foi tão importante ter certeza de que seu negócio está operando de forma segura e com proteção. Saiba que pode contar com uma série de ferramentas para ajudar a pequenas, médias e grandes empresas a mudar e a prosperar digitalmente hoje e no futuro, reconhecendo as novas maneiras pelas quais os consumidores estão gastando online. Vale ficar de olho no que existe de mais moderno no mercado e se antecipar sempre.

*Por Renato Rocha, VP e Head de soluções para comerciantes e adquirentes América Latina e Caribe da Visa

FONTE: SECURITY REPORT

Previous post Investimentos em cibersegurança seguem em alta em 2020, diz Gartner
Next post FGTS: golpe com saque emergencial atinge mais de 100 mil no WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *