Fraudadores usaram o nome de Elon Musk para roubar milhões em bitcoin

Views: 142
0 0
Read Time:1 Minute, 28 Second

Embora esquemas de sorteios em bitcoin não sejam novos, hackers estão usando um novo golpe que já resultou no roubo de quase US$ 2 milhões — endereços falsos foram criados para enganar vítimas que achavam que eles pertenciam ao empreendedor Elon Musk.

Há tempos, fraudadores usam ataques de personificação para roubar dinheiro de usuários desprevenidos, então fingir que eram Elon Musk é uma abordagem popular.

No fim de 2018, o Twitter chamou a atenção após ter promovido um falso esquema de cripto divulgado por um impostor de Elon Musk com uma conta verificada.

Endereços falsos de cripto incluem palavras, nomes ou frases usadas para fazer com que usuários acreditem que são verdadeiros. Segundo a empresa de cibersegurança Adaptiv, hackers recentemente obtiveram sucesso com o uso de endereços falsos de bitcoin que incluem o nome de Musk.

Adaptiv rastreou o uso de endereços de bitcoin que usavam o nome do bilionário em um esquema de sorteios e descobriu 66 endereços únicos. A empresa descobriu que esses endereços receberam mais de 201 BTC (mais de R$ 10 milhões) desde abril de 2020.

Uma outra pesquisa pela ZDNet descobriu que grande parte dos endereços foram compartilhados por meio de lives no YouTube, em que hackers usavam a plataforma para transmitir seus golpes. Essas fraudes eram realizadas para comemorar uma ocasião importante da celebridade ou marca.

Primeiro, hackers invadiam contas no YouTube que tinham um alto número de seguidores e trocavam o nome da conta e o layout visual para lembrar o de uma celebridade ou marca — como Elon Musk.

Em seguida, realizavam uma live transmitindo seu golpe, prometendo aos usuários de que seus lucros dobrariam se enviassem bitcoins aos endereço do golpe.

FONTE: MONEY TIMES

Previous post Enel é vítima de mesmo ransomware que atacou a Honda
Next post Gmail recebeu 18 milhões de mensagens diárias com malware em abril

Deixe uma resposta