Nepal prende 122 chineses por suspeita de fraude cibernética

Views: 176
0 0
Read Time:1 Minute, 4 Second

Mais de 100 cidadãos chineses, com visto de turista, foram detidos no Nepal por suspeita de fraude cibernética, informou a polícia local, naquilo que foi a maior detenção de todos os tempos envolvendo cidadãos estrangeiros.

Oito mulheres estavam entre os 122 cidadãos chineses detidos numa rusga policial coordenada em nove casas na capital Katmandu esta segunda-feira.

A polícia afirmou que descobriu casas montadas como albergues com grandes cozinhas, beliches e fileiras de mesas e cadeiras para trabalhar. “Suspeitamos que eles estavam envolvidos em crimes cibernéticos. Estamos a investigar todas as evidências. As ações serão tomadas de acordo”, disse à AFP Niraj Bahadur Shahi, chefe do Gabinete Central de Investigação do Nepal.

Mais de 700 telemóveis, 331 computadores portáteis e quase cem computadores de mesa foram apreendidos nas buscas. A polícia também recolheu para análise pen drives e cartões SIM.

O Nepal coordenou com as autoridades de Pequim toda a operação, acrescentou Shahi.

As prisões acontecem dias depois que mais de 340 cidadãos chineses acabaram detidos nas Filipinas numa operação contra empresas de jogos não licenciadas.

E, no mês passado, quase 700 cidadãos chineses foram presos na Malásia quando as autoridades interromperam uma grande operação de fraude de investimentos online. Não está claro se as detenções possam ter ligações entre si.

FONTE: PLATAFORMA MEDIA

Previous post Os maiores casos de violação de dados de 2019
Next post Hacker rouba R$ 1.9 milhão em criptomoedas invadindo conta da equipe de desenvolvimento

Deixe um comentário