Prefeitura de Iguape também é alvo de hackers e tem R$ 420 mil desviados

Views: 80
0 0
Read Time:2 Minute, 48 Second

O sistema de informática e finanças da Prefeitura da cidade de Iguape, localizada na região do Vale do Ribeira, também foi alvo de ataque de hackers na última terça-feira, dia 10 de dezembro. 

Segundo informações da própria prefeitura da cidade, o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) foi invadido e saqueado, via transações bancárias, por meio de contas do Banco do Brasil  

A informação de invasão foi comunicada à Prefeitura de Iguape pelo Banco do Brasil que identificou uma movimentação suspeita na tarde de terça-feira. Neste dia a conta do FPM recebeu um repasse de R$ 1.713.797,50 do Governo Federal e em seguida registrou transferências no valor total de R$ 420 mil. 

Segundo a direção do Banco do Brasil as transferências foram efetuadas para outras contas do próprio banco o que vai possibilitar identificar os correntistas que receberam o dinheiro desviado.

Após o ocorrido todas as contas bancárias da prefeitura foram bloqueadas por medida de segurança até que o dinheiro desviado seja estornado para a conta da FPM.

A Prefeitura da Iguape também informou que o valor desviado não irá afetar o pagamento do 13º salário aos servidores municipais na próxima sexta-feira, dia 13, como previsto, tanto os que receberão o valor integralmente como os que receberão a segunda parcela do benefício. 

Para a administração municipal, o banco é tem a responsabilidade de resolver os trâmites para o ressarcimento do dinheiro desviado. Também informou que a instituição bancária está tomando as medidas cabíveis e instaurou um processo antifraude para evitar novos ataques. 

Veja abaixo a nota pública da Prefeitura de Iguape sobre o ataque hacker.PREFEITURA DE IGUAPE

NOTA PÚBLICA

A Prefeitura de Iguape vem a público informar que seu sistema de informática e particularmente de finanças foi objeto de invasão por hacker no fim da tarde do dia 10/12/2019, terça-feira, por volta das 18:00h, tendo sido retirados da conta do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) que a municipalidade mantém no Banco do Brasil a importância de R$ 420.000,00 (quatrocentos e vinte mil reais).

Na data a conta do FPM da municipalidade recebeu do Governo Federal repasse de R$ 1.713.797,50 (um milhão, setecentos e treze mil, setecentos e noventa e sete reais e cinquenta centavos).

A invasão foi identificada quase simultaneamente pelo departamento municipal de Economia e Finanças e pelo Banco do Brasil, tendo em vista a movimentação suspeita e fraudulenta.

As movimentações se deram por transferência entre contas do próprio Banco do Brasil, que em princípio permite o rastreio de tudo, com a identificação de autores e beneficiários.

As providências administrativas, bancárias e policiais estão sendo adotadas, de forma a estornar os recursos para a conta da Prefeitura.

As contas da Prefeitura como um todo foram bloqueadas por precaução.

A responsabilidade é da instituição bancária e os recursos devem ser restituídos à Prefeitura. Nesse sentido, o Banco do Brasil vem realizando esforços e instaurou processo interno antifraude.

A despeito dos problemas, o pagamento do 13º salário (integral ou segunda parcela) dos servidores municipais está mantido para sexta-feira, dia 13/12/2019, como previsto.

A Prefeitura de Iguape agradece a compreensão de todos e aguarda a normalização mais rápida de tudo, para o que não está medindo esforços.

Iguape, 11 de dezembro de 2019

FONTE: PORTAL DA CIDADE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *