Invasão de 2015 pode fazer o Slack resetar senhas de alguns usuários

Views: 149
0 0
Read Time:1 Minute, 15 Second

Em 2015, um ataque hacker acabou expondo senhas e perfis de diversas contas de usuários do Slack. Na ocasião, a empresa disse que aproximadamente 1% de sua base havia sido afetada, mas que nenhuma conta criada após o evento teria qualquer problema.

Recentemente, porém, esse incidente voltou aos corredores do Slack, que recebeu relatos de algumas contas comprometidas por meio de seus canais de “caça a bugs”. Segundo afirmação da própria empresa, acredita-se que a lista de contas impactadas tem relação com o incidente de 2015.

Sundo a empresa, cerca de 65 mil usuários foram originalmente afetados pela invasão, que desembaralhava senhas criadas pelas pessoas, expondo-as em texto. Pela nova lista, a companhia disse que deve promover uma mudança forçada de senha apenas como garantia de segurança. Contas que utilizam métodos de login de entrada única (single sign-on) não foram afetadas.

A novidade não parece causar muitos problemas ao Slack, que estreou na Bolsa de Valores após uma bem-sucedida IPO realizada em junho de 2019. A empresa começou a vender seus papéis a US$ 38,50 (R$ 144,50 na cotação atual) e alcançou uma avaliação de mercado de US$ 23 bilhões (R$ 86,3 bilhões), bem acima dos US$ 16 bilhões (R$ 60,05 bilhões) esperados. Nas primeiras duas horas de negociação, o preço das ações chegou a ser de US$ 41,85 (R$ 157,08).

FONTE: https://canaltech.com.br/seguranca/invasao-de-2015-pode-fazer-o-slack-resetar-senhas-de-alguns-usuarios-144351/

Previous post Mais de 40 drivers podem permitir que hackers instalem backdoor persistente em PCs com Windows
Next post Foi por pouco! Instagram corrige falha que permitia invasão de hackers em 10 min

Deixe um comentário